De oxicoco a húmus. Saiba o que rola no camarim dos Stones

Apesar da fama de artistas internacionais fazerem pedidos inusitados, a icônica banda inglesa apostou na comida saudável e no relax

Antes de desembarcar no Brasil, a banda britânica Rolling Stones terá passado por diversas cidades da América do Sul. Nem por isso perdeu tempo e já fez as suas exigências para a turnê Olé Tour 2016, que vai passar no Rio de Janeiro em 20 de fevereiro; em São Paulo, dias 24 e 27 de fevereiro; e em Porto Alegre, em 2 de março, encerrando a turnê brasileira.

A banda passará por Santiago, Buenos Aires, Montevidéu, Rio De Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Lima, Bogotá e Cidade do México
A banda passará por Santiago, Buenos Aires, Montevidéu, Rio De Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Lima, Bogotá e Cidade do México
Foto: Instagram/@mickjagger / Reprodução


Apesar de ser um pouco extensa, a lista de solicitações para o camarim está bastante singela, se comparada a de outros astros da música. Isso porque os roqueiros trarão o próprio chef de cozinha para preparar as refeições, que devem conter ingredientes brasileiros.

Além disso, os astros do rock solicitaram cestas de frutas com maçãs, ameixas, oxicocos, abacates, framboesas, bananas orgânicas, limão e laranjas, tigelas com morangos, chocolate, batatas fritas, balas, nozes, avelãs, açúcar refinado e mascavo e húmus - pasta de grão de bico tradicional na culinária árabe.

O camarim deve ter toalhas pretas sobre a mesa e, para beber, 12 garrafas de água, leite desnatado, água tônica, vinho branco seco, champanhe, vodca com energético, cervejas, refrigerante, leite de coco e chá.

Chocolate e morangos foram algumas das exigências dos Stones, assim como framboesas, bananas orgânicas, limão e laranjas, batatas fritas, balas, nozes, avelãs, açúcar refinado e mascavo e húmus - pasta de grão de bico tradicional na culinária árabe
Chocolate e morangos foram algumas das exigências dos Stones, assim como framboesas, bananas orgânicas, limão e laranjas, batatas fritas, balas, nozes, avelãs, açúcar refinado e mascavo e húmus - pasta de grão de bico tradicional na culinária árabe
Foto: Instagram/@mickjagger / Reprodução


O local deve ser climatizado e conter uma mesa de sinuca para que Mick Jagger e seu grupo possam relaxar antes e depois do show.

“Adoramos tocar na América Latina e estamos animados em visitar algumas cidades pela primeira vez! Os públicos estão entre os melhores do mundo, eles trazem uma energia incrível!”, disse Mick Jagger.

O palco terá um novo visual, customizado especialmente para os fãs latino-americanos. A Concerts West,  divisão  da  AEG  Live,  é a  produtora  da  turnê na América Latina, mas no Brasil, a produção é da Time For Fun.

Fonte: Dialoog Comunicação
publicidade