5 eventos ao vivo

Victor e Leo enlouquecem fãs em Salvador

1 fev 2009
11h43

Uma multidão de 60 mil pessoas, composta especialmente por mulheres,foi à loucura com a apresentação da dupla Victor & Leo na penúltimanoite do Festival de Verão de Salvador. Únicos representantes damúsica sertaneja no evento, a dupla mineira entrou no palco após asapresentações do Olodum, Capital Inicial e Alanis Morissette. Apesar dotom mais roqueiro da noite, pouca gente foi embora após a apresentaçãoda cantora canadense.

» Veja a foto ampliada
» Veja mais fotos

Esta foi a primeira apresentação da dupla em Salvador e a empolgaçãodo público mostrou que eles estavam realmente devendo um show nacapital baiana. "Eles são super inteligentes e o Victor compõe super bem ", disse a estudante universitária Karine Leitão, 27. Ela argumenta que a Victor não apenas compõe músicas românticas, mas também fala de política e outros assuntos tidos como 'sérios' em seu site.

A estudante diz não ser fã de música sertaneja mas sim da dupla ereclamou do preconceito que existe com o estilo. "Dizem que é música de gente burra, mas a deles não é", acrescentou ela. Karine também curtiu o show do Capital Inicial. Os músicos reconheceram que existem, sim, preconceito com o sertanejo. "Não é por que não gosto de um estilo, que ele é ruim", disse Léo. Os cantores defenderam ainda o fim de qualquer tipo de discriminação: musical, racial, religiosa. "As pessoas têm a mania de rotular tudo. Não precisa ser assim", complementou Victor.

Quanto à receptividade do público soteropolitano, os irmãos foramenfáticos ao afirmar que esperavam um bom show na capital baiana, mas"não tanto quanto foi". O repertório da dupla foi composto por 22músicas, com destaque para Tem Que Ser Você, que integrou a trilhasonora da novela A Favorita. A canção foi tocada três vezes durante o show.

Dupla mineira contagiou platéia que acompanhou Festival de Verão
Dupla mineira contagiou platéia que acompanhou Festival de Verão
Foto: Antônio Reis / Especial para Terra
Fonte: Especial para Terra
publicidade