0

vc repórter: brigas, drogas e confusão também marcam Virada SP

7 mai 2012
12h50
  • separator
  • comentários

Com um público estimado em 4 milhões de pessoas, a 8ª edição da Virada Cultural de São Paulo é uma das principais atrações culturais do ano, atraindo turistas e levando o publico às ruas da cidade.

Parte do público na rua 24 de maio trocou socos e pontapés na Virada Cultural
Parte do público na rua 24 de maio trocou socos e pontapés na Virada Cultural
Foto: Eduardo Andreassi / vc repórter

Apesar das centenas de atrações disponíveis no evento, chamaram a atenção do público as inúmeras situações de perigo que as pessoas enfrentaram para participar da Virada.

Para o fotógrafo Eduardo Andreassi, que assistiu parte da Virada entre a noite de sábado e a madrugada de domingo, a Virada Ficou marcada pelas confusões, violência e venda de drogas. Na região do palco da rua 24 de maio, brigas e um arrastão estragaram parte da festa. Segundo Andreassi, uma "movimentação estranha" começou durante a madrugada, quando grupos começaram a se reunir. "Pouco tempo depois, as viaturas da polícia foram para o local por causa de um arrastão".

O clima de tensão, entretanto, não melhorou após a série de roubos. Perto do local em que um grupo de artistas praticava a "suspensão corporal", um grande empurra-empurra começou ao som de músicas punk e rock. "Pessoas de diferentes tribos se juntaram e começaram a se agredir. A polícia não conseguia ter acesso por causa da multidão", relata Andreassi.

Da rua 24 de maio, o fotógrafo passou pelo largo São Bento, onde, garante Andreassi, era marcante o consumo de bebidas e drogas. "Vi usuários de drogas, gente levando drogas para outros grupos, e consumindo ali mesmo", afirma.

A situação só melhorou no Vale do Anhangabaú, que ficou lotado com a homenagem de diversos artistas à cantora Elis Regina. "Lá estava mais tranquilo, e o público era completamente diferente", contou Andreassi.

O flagrante de confusões não foi exclusividade de Andreassi. Nas redes sociais, vários internautas também registraram experiências negativas sobre a Virada. "Muita vergonha alheia desse amanhecer da Virada Cultural. Todos lascados, brigas em todos os cantos, sujeira e muita gente hostil e perdida", contou @lamoranga. "Essa Virada Cultural foi um lixo. Só briga, só desgosto. Fora tudo, ainda vi muitos amigos com dente quebrado, sangrando", lamentou @FerretObscene.

O internauta Eduardo Andreassi, de São Paulo (SP), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui .

vc repórter

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade