1 evento ao vivo

Péricles sobre DVD: para muitos, trabalho será totalmente inédito

25 out 2012
16h55
atualizado às 18h34

Apesar de o primeiro DVD solo de Péricles, Sensações conter uma seleção de canções de outros músicos, o cantor garante que muitos de seus fãs o receberão como um trabalho totalmente novo, de inéditas. A declaração foi feita durante a participação do pagodeiro no Terra Live Music desta quinta-feira (25), gravado, a exemplo de todas as edições realizadas no final do mês, com público presente no estúdio.

"Comecei a amadurecer a ideia para este trabalho assim que fizemos o acordo de dar um tempo para o Exaltasamba. Aí comecei a pensar a respeito, fechei o repertório, que representa 99% de tudo, porque se você tem isso, todo o resto fica ótimo", disse o músico em entrevista à apresentadora Lorena Calábria.

O repertório é quase inteiramente baseado em canções dos compositores Carica e Prateado, aos quais o pagodeiro afirmou sempre ter tido a vontade de prestar uma homenagem. Foram duas noites de gravações no Credicard Hall, em São Paulo, feitas em um clima intimista, com um belo cenário de fundo.

"Eu pedi para os produtores para o clima todo ser bem aconchegante, porque as canções pediam isso. É uma pegada diferente, mais tranquila, e, como é o meu primeiro trabalho solo, para continuar a minha história, achei importante que tivesse a minha cara, minha assinatura."

Péricles também explicou o motivo pelo qual optou por se lançar sozinho para o mundo do pagode com um trabalho ao vivo, não de estúdio, como ocorre na maioria dos casos. "Para nós, é mais fácil assim. Estúdio cansa muito mais. Ao vivo é tranquilo, porque você já tem a resposta do público no exato momento em que você toca. E os muitos anos na noite me ajudam a sacar o que fazer em cada momento, como agradar."

O DVD ainda conta com a participação de dois convidados especiais. Um deles, Luan Santana. "O convite para o Luan pintou depois que fizemos o Brazilian Day, em Nova York. Na ocasião, eu não tinha nem repertório definido, mas, quando surgiu a ideia de gravar Cuidado Cupido, logo lembrei dele, que interpreta muito bem. Ele foi o primeiro em quem pensei, aceitou prontamente e acabou dando muito certo."

Já o outro convidado pode ser considerado ainda mais importante. Especialmente para Péricles: o filho do pagodeiro, Lucas Morato, que cantou, ao lado do pai, Olá, canção de sua autoria. "Conheci a canção em Santo André, quando recebi o título de cidadão benemérito da cidade", explicou. "E aí ele foi lá e cantou três músicas - duas minhas e essa outra, que ele fez para mim. E logo nas primeiras palavras da música ela já te pega - 'olá, hoje eu te vi pela televisão' -, o que mostra bem nossa relação, já que estou sempre na estrada e não nos vemos tanto."

E quanto à saúde, Péricles? Afinal, neste ano, em agosto, o pagodeiro passou mal durante um show no Rio de Janeiro, desmaiou e acabou internado em um hospital por alguns dias. Mas ele garantiu: tudo não passou de um susto, decorrente do período em que ficou ausente das longas turnês com as quais estava tão acostumado nos tempos de Exalta.

"Meu organismo sentiu a diferença que essa pausa deu. Melhorei a alimentação, estava fazendo tudo direitinho, mas a mudança foi muito brusca e acabei me sentindo fraco no show, tive uma crise de hipoglicemia e caí por alguns segundos", afirmou. "Estou cuidando bem da saúde."

Ótima, por Péricles
Fonte: Terra
publicidade