Terra Live Music

 
 

Diversão » Música » Música

 "Jorge Ben Jor era uma coisa distante", diz Fiuk no Live Music
26 de abril de 2012 17h04 atualizado às 18h25

Sou Eu, por Fiuk

Apresentando seu primeiro álbum solo, Sou Eu, Fiuk contou no Terra Live Music desta quinta-feira (26) que a participação de Jorge Ben Jor na canção Quero Toda Noite era uma coisa impensável.

"Nós compomos a música e pensamos que era a cara dele. Nós já tínhamos o não de qualquer forma, mas ele ouviu, curtiu e aceitou. Era uma coisa muito distante, quase impossível, mas rolou. Na gravação a gente dividiu até o microfone", contou.

Acompanhado de duas guitarras, baixo, bateria e teclados, Fiuk abriu sua apresentação com Sou Eu. Com a maioria das composições escrita por outros artistas, como Wilson Simonal e Rodriguinho, o cantor disse que não se importou em gravar músicas de outras pessoas. "Quando a gente nasce com banda, a gente quer tudo autoral, mas as músicas bateram de um jeito que não sei explicar". Entre obras de sua autoria, o cantor contou que teve parceria de Tito Vale.

Depois de falar de Jorge Ben Jor, o cantor seguiu com Quero Toda Noite e Abra os Olhos. Na sequência, Caco, baixista do NX Zero, foi chamado no telão para uma papo com Lorena Calábria e Fiuk. Participando da música Nada Vai Me Parar, Caco explicou que é amigo de longa data do cantor.

Pegando na guitarra, uma Fender Stratocaster de 1958, Fiuk tocou Só Você, música de Fábio Júnior. "Esta é a primeira música de meu pai que eu comecei a cantar quando criança. Chegou uma época que ele falou para eu parar de cantar porque ele não aguentava mais".

Sobre o pai, Fiuk contou que ele sempre o apoiou, mas quando apresentou sua primeira música, Fábio Júnior o reprovou. "Com 11 anos decidi que queria seguir seus passos, mas só falei para ele aos 13, quando já tinha umas músicas. Quando mostrei para ele, ele me disse: 'está uma merda'".

O cantor também comentou que descobriu a música com Blink 182. "Eu só ouvia Blink 182 e Box Car Racer. Foi a primeira vez que vi músicos sorrindo no palco, fazendo palhaçada", explicou. Ainda Tão Lindo foi a quinta música apresentada.

Na sequência, Fiuk apresentou Foi Preciso Você, presente no seu disco e composta por Wilson Sideral. "Fiquei com ódio do Sideral com essa música, porque ela é o tipo de canção que você gostaria de fazer".

Antes da última música Cada Um Na Sua, o cantor falou sobre os planos na música e na televisão. "Tem boatos de novela, mas não posso contar senão vou tomar uma bronca lá de cima, além de um projeto de CD e DVD. Falta alguns detalhes, mas se rolar do jeito que quero vai ser bem diferente".

Terra
  1. Apresentando seu primeiro trabalho, 'Sou Eu', Fiuk é o convidado desta quinta-feira (26) do Terra Live Music

    Foto: Fernando Borges/Terra

  2. Fiuk contou que a participação de Jorge Ben Jor na canção 'Quero Toda Noite' era uma coisa impensável

    Foto: Fernando Borges/Terra

  3. "Nós compomos a música e pensamos que era a cara dele. Nós já tínhamos o não de qualquer forma, mas ele ouviu, curtiu e aceitou. Era uma coisa muito distante, quase impossível, mas rolou. Na gravação a gente dividiu até o microfone", disse

    Foto: Fernando Borges/Terra

  4. Depois de falar de Jorge Ben Jor, o cantor seguiu com 'Quero Toda Noite' e 'Abra os Olhos'

    Foto: Fernando Borges/Terra

  5. Fiuk também tocou 'Só Você', música Fábio Júnior. "Esta é a primeira música de meu pai que eu comecei a cantar quando criança. Chegou uma época que ele falou para eu parar de cantar porque ele não aguentava mais"

    Foto: Fernando Borges/Terra

  6. Acompanhado de duas guitarras, baixo, bateria e teclados, Fiuk abriu sua apresentação com 'Sou Eu'

    Foto: Fernando Borges/Terra

  7. Com a maioria das composições escrita por outros artistas, como Wilson Simonal e Rodriguinho, o cantor disse que não se importou em gravar músicas de outras pessoas. "Quando a gente nasce com banda, a gente quer tudo autoral, mas músicas bateram de um jeito que não sei explicar"

    Foto: Fernando Borges/Terra

  8. Sobre o pai, Fiuk contou que ele sempre o apoiou, mas quando apresentou sua primeira música, Fábio Júnior o reprovou. "Com 11 anos decidi que queria seguir seus passos, mas só falei para ele aos 13, quando já tinha umas músicas. Quando mostrei para ele, ele me disse: 'está uma merda'"

    Foto: Fernando Borges/Terra

  9. O cantor também falou que descobriu a música com Blink 182. "Eu só ouvi Blink 182 e Box Car Racer. Foi a primeira vez que vi músicos sorrindo no palco, fazendo palhaçada", explicou

    Foto: Fernando Borges/Terra

  10. Antes de termninar com 'Cada Um Na Sua', o cantor falou sobre os planos na música e na televisão. "Tem boatos de novela, mas não posso contar se não vou tomar uma bronca lá de cima, além de um projeto de CD e DVD. Falta alguns detalhes, mas se rolar do jeito que quero vai ser bem diferente"

    Foto: Fernando Borges/Terra

/terra-live-music/foto/0,,00.html