0

"Ainda estou me descobrindo como cantora", diz Lurdez da Luz

29 nov 2012
16h42
atualizado em 3/10/2013 às 18h38
  • separator
  • comentários

Lurdez da Luz não é novata no meio do rap: em 2000 ela se juntou ao Mamelo Sound System, um dos principais expoentes do gênero em São Paulo, com quem lançou três discos. Ela, no entanto, demorou até ter confiança para mostrar suas composições. "Eu queria fazer rap, mas não tinha muita coragem. Gostava de ouvir, mas achava que não dava para mim. Era mina, branca...", comentou sobre seu início na música no programa Terra Live Music Especial Natura Musical, nesta quinta-feira (29).

Antes mesmo de entrar para o Mamelo, ela começou a perder a vergonha declamando suas poesias no palco acompanhada por beats e bases de DJs. Foi quando começou a fazer dobra, uma espécie de backing vocal, para outros MCs e se soltar mais. "Ai eu me descobri MC, mas ainda não me descobri como cantora", confessou. 

Depois disso, Lurdez conta que passou por um processo lento até iniciar sua carreira solo, em 2009 - em 2010 ela lançou o single Andei e o EP Lurdez da Luz. "Foi gradual ter coragem, fui tendo espaço no Mamelo para colocar as minhas partes e então a criatividade começa a rolar de uma maneira mais espontânea."

Mesmo com espaço no grupo, ela acabava não emplacando todas suas composições, pela temática mais feminina, que ela chama de rap doméstico, de quem está na rua mas ainda lida com as tarefas de casa. "Não tinha muito a ver eles cantarem aquilo, a temática masculina é diferente." Para compor suas rimas, ela deixa a impulsividade tomar conta no primeiro rabisco. "Depois eu vou pensar no que eu vou passar", comentou.

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade