0

Passo a passo: veja como fazer sua própria maquiagem do Kiss

16 nov 2012
09h04
atualizado em 18/11/2012 às 12h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Nem a música, nem a pirotecnia. Não há nenhuma característica no Kiss que chame mais a atenção do que as pinturas faciais de seus integrantes, as famosas máscaras, há quase quatro décadas objeto de proliferação nos mais diversos meios e produtos - de bonecos e histórias em quadrinhos a camisinhas e caixões. Tanto que é praticamente uma regra a presença de fãs caracterizados com as maquiagens de seus ídolos nos shows do quarteto, independente do local onde são realizados. Agora, o público brasileiro tem a oportunidade de descobrir todos os detalhes do processo. Na última quarta-feira (14), a reportagem do Terra foi à agência de modelos Casa, localizada na região central de São Paulo, e, com o auxílio do experiente maquiador Beto França, viu exatamente como se produz o desenho do baixista e vocalista Gene Simmons. A banda se apresenta no Brasil no sábado (17) e domingo (18), respectivamente, em São Paulo e no Rio de Janeiro. O Terra transmite o show da capital paulista ao vivo, direto da Arena Anhembi, a partir das 21h30.

A modelo Karina Magiore, 18 anos, caracterizada como Gene Simmons, baixista e vocalista da banda
A modelo Karina Magiore, 18 anos, caracterizada como Gene Simmons, baixista e vocalista da banda
Foto: Bruno Santos / Terra

"Escolhi a maquiagem do Gene porque me lembro bem da época em que o rock estava no auge e, sempre que ele aparecia, era uma coisa fantástica. O povo delirava, pois o visual era agressivo, demoníaco", explicou França, maquiador desde 1991, conhecido por seus trabalhos de pintura corporal e facial, sempre com altas doses de realismo. "Tudo é uma questão de treino. Apesar de parecer simples a pintura, conseguir fazer um branco uniforme é difícil. É necessário ter o material certo. Além disso, os desenhos são muito geométricos, então precisam de recursos específicos para saírem da forma correta."

Para ensinar a pintura, feita no rosto da modelo mato-grossense Karina Magiore, 18 anos, o maquiador optou por utilizar a tinta facial pancake, à base de água, pelo fato de sua fixação e remoção serem simples. No entanto, França explicou que tal base não terá durabilidade no rosto dos fãs caso haja chuva no dia do show, pois a água elimina praticamente de forma instantânea a tinta do local aplicado. Para casos como esse, ele indica uma base cremosa, a mesma utilizada por palhaços.

"Acredito que seja justamente esse o produto que os caras da banda usam em suas apresentações até hoje. Isso porque, por ser oleoso, um material mais graxo, ele resiste bem ao suor e à água, permanecendo firme no rosto ao longo de todo o show. Para removê-lo, somente com óleo", afirmou.

Os custos para a produção da maquiagem são variados. Se forem utilizadas marcas nacionais, vão de R$ 100 a R$ 150 (um pancake preto e outro branco). No entanto, se o fã optar por um produto importado, deve gastar pelo menos o dobro disso.

 

A metamorfose
O primeiro passo para transformação de Karina em Gene Simmons foi o preparo dos cabelos. Para garanti-los crespos, encaracolados e armados como os do baixista do Kiss, França prendeu a parte da frente com um rabo de cavalo no alto da cabeça, enrolando-o, e a parte de trás com rolos ou tranças, para garantir a textura desejada. "É importante prepará-los antes, porque, quanto maior for essa antecedência, mais tempo eles ficarão como queremos. A maquiagem realmente começa no cabelo", explicou, citando também a necessidade de aplicar spray de cabelo e secador quente após todo o processo. "O ar quente é importante, porque os fios modificam com o calor. À medida em que eles forem esfriando, ganharão a forma desejada."

Para começar a pintura, o maquiador preparou um molde de papel com o formato dos desenhos de Simmons para utilizar como referência. A melhor forma para isso é colocá-los sobre a área desejada, ajustando-os com pó facial incolor. Desta forma, o fã saberá exatamente como traçar as linhas da máscara, a parte mais crítica do processo.

"Depois disso, é necessário contornar o desenho com um lápis, de preferência um de cor marrom, porque, se ocorrer um erro no traço, ele será facilmente apagado", prosseguiu França, salientando que a utilização de preto ou outras colorações borram com facilidade, prejudicando a maquiagem. Na sequência, para os contornos dos lábios, que incluem duas pequenas pontas dirigidas para o queixo, formando algo semelhante a dois caninos saindo da boca, o ideal é utilizar um lápis preto. O mesmo é indicado para os olhos, que necessitam de contornos para deixá-los uniformes com a pintura do rosto - o pancake não pode entrar em contato com a muscosa dos olhos. Sobre eles deve-se fazer o mesmo, para evitar que algum pedaço de pele apareça.

Na sequência, começa o processo de preenchimento do rosto com tinta. O maquiador indica iniciá-lo com pancake branco, pois, caso haja necessidade de algum ajuste posterior, é possível fazê-lo com o preto. o primeiro passo é se concentrar nos contornos, sempre com um pincel de cerdas firmes. Depois de prontos, o indicado é utilizar um pincel com cerdas macias, que deixam as cores mais uniformes.

Resta, agora, preencher os três desenhos faciais (dois em volta dos olhos e o triângulo na testa) com tinta preta. O processo é o mesmo do anterior: cerdas firmes para os contornos e macias para o preenchimento. Para os lábios, o indicado é um pincel bem fino. "A pintura, a partir daí, está praticamente finalizada. Só falta reforçar com tinta preta o contorno em volta do couro cabeludo na testa, usando, mais uma vez, uma cerda firme", afirmou França, dando uma dica extra para as fãs mulheres do quarteto: usar uma máscara para cílios para destacá-los, pois, assim, a maquiagem fica mais feminina.

O passo final é de longe o mais simples: os cabelos. Como o preparo para eles foi todo realizado no início do processo, ao final basta soltá-los e desfiá-los de baixo para cima, aplicando spray fixador. Sorridente, a modelo Karina Magiore elogiou o resultado da maquiagem, algo que, garantiu, é diferente de qualquer coisa que já tenha feito. "Ficou muito parecido", disse antes de se olhar de forma mais atenta no espelho, preparando-se para o início da sessão de fotos. "Na verdade, ficou igual", concluiu.

*Para conhecer mais sobre o trabalho do maquiador Beto França acesse seu site oficial: http://www.betofranca.com.br/.

Terra Live Music
O projeto anual Live Music Rocks é realizada em parceria entre Terra e XYZ Live e traz ao Brasil nomes importantes do cenário da música internacional. Já recebeu em 2012 Morrissey, Noel Gallagher, Maroon 5, Evanescence e Robert Plant.

Já a plataforma Terra Live Music, que engloba todos os shows transmitidos ao vivo pelo Terra, no último ano trouxe de graça via web apresentações de artistas como Paul McCartney, que atraiu audiência de 1,5 milhões de pessoas em toda a América Latina. Este sucesso de público também aconteceu nas transmissões ao vivo dos shows de U2 e Kasabian, que literalmente encerrou as transmissões de shows ao vivo em 2011, com apresentação, direto de Londres, em 31 de dezembro.

O projeto também inclui a realização de um programa semanal, todas às quintas-feiras a partir das 16h, com apresentação de Lorena Calabria e participação de internautas. Uma banda convidada faz apresentação direto do estúdio do Terra em São Paulo.

Veja também:

O cancelamento de J Balvin após tirar sarro de Shakira
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade