1 evento ao vivo

Pais e filhos acompanham show de Robert Plant em São Paulo

23 out 2012
00h45
atualizado às 16h10
David Shalom
Direto de São Paulo

Um dos maiores ícones do rock n' roll, Robert Plant uniu gerações de pais e filhos em sua apresentação nesta segunda-feira (22), no Espaço das Américas, em São Paulo. Alguns foram trazidos pelos filhos, outros trouxeram a família toda para ver o lendário vocalista do Led Zeppelin.

O vendedor de espaços publicitários, Carlos Barbosa, 51 anos, foi arrastado para a apresentação pela filha Isabella. "A iniciativa foi toda dela. Eu adorei, estou bem desatualizado em relação ao rock, mas foi bem positivo", disse, enquanto acompanhava a apresentação do hall do Espaço das Américas, já que a jovem estava com dores no joelho.

Isabelle ficou um pouco desapontada com a apresentação por não ouvir Stairway to Heaven, a mais famosa do Led Zeppellin. "Eu adoraria absurdamente ouví-la, já que é a história da minha vida. Estou decepcionada por isso, mas ao mesmo tempo sei que seria clichê se ele tocasse. Do resto foi dez", explicou.

Quem também não saiu feliz da apresentação foi a família de Djair Guerra, formada pela mãe Elizabeth e os filhos, Fernando e Leonardo. "Foi frustrante, porque Robert Plant é 25, 30% de Led Zeppelin. E de Led não teve nada. Vimos ele em 1994, no Hollywood Rock com Jimmy Page, e pelo amor de Deus, aquilo sim era Led", disse o representante comercial de 49 anos. As versões novas também não o agradaram. "Não virou esta mistura aqui, ele exagerou".

Mas o que mais deixou Djair frustrado foi que os filhos também não gostaram da performance de Robert Plant. "Meus filhos nasceram e cresceram com o rock. Eu os levava aos barzinhos, autorizava para irem aos shows. Em casa era só rock, então eles ficaram bastante decepcionados também", explica. "Principalmente o Fernando, que é mais velho, toca e achou que ia ver um show de rock".

Transmissão
Robert Plant foi a quinta atração da plataforma interativa Live Music Rocks, realizada em parceria entre Terra e XYZ Live. Depois, em 17 de novembro, será a vez dos astros da banda Kiss, direto da Arena Anhembi, em São Paulo. No dia 28 de novembro, é a vez da banda britânica Pulp, que se apresenta no Via Funchal, também na capital paulista. O projeto anual - que já recebeu em 2012 apresentações de Morrissey, Noel Gallagher, Maroon 5 e Evanescence - traz ao Brasil nomes importantes do cenário da música internacional.

Já a plataforma Terra Live Music, que engloba todos os shows transmitidos ao vivo pelo Terra, no último ano trouxe de graça via web apresentações de artistas como Paul McCartney, que atraiu audiência de 1,5 milhão de pessoas em toda a América Latina. Este sucesso de público também aconteceu nas transmissões ao vivo dos shows de U2 e Kasabian, que literalmente encerrou as transmissões de shows ao vivo em 2011, com apresentação, direto de Londres, em 31 de dezembro.

O projeto também inclui a realização de um programa semanal, todas as quintas-feiras a partir das 16h, com apresentação de Lorena Calabria e participação de internautas. Uma banda convidada faz apresentação direto do estúdio do Terra em São Paulo.

Carlos Barbosa foi arrastado à apresentação pela filha Isabella: "a iniciativa foi toda dela. Eu adorei"
Carlos Barbosa foi arrastado à apresentação pela filha Isabella: "a iniciativa foi toda dela. Eu adorei"
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Veja também:

Fonte: Terra
publicidade