0

SP: Madonna exclui 'Like a virgin' e empolga pouco em show morno

5 dez 2012
07h52
atualizado às 10h19
Marina Novaes
São Paulo

Em seu primeiro show em São Paulo desde 2008, realizado na noite desta terça-feira (4), Madonna mostrou porque conquistou o título de "rainha do pop", esbanjando fôlego e carisma no palco. Mas mesmo toda sua empolgação e simpatia, embora admiráveis, não foram suficientes para contagiar o público, que deixou o estádio do Morumbi frustrado com a exclusão do hit Like a virgin do set list, dominado pelas músicas do álbum que deu o nome à turnê: MDNA.

Marcado para as 20h, o show começou com duas horas e meia de atraso e durou 1h40 - um pouco menos que as apresentações anteriores feitas no Brasil. O atraso foi perdoado, mas a exclusão dos principais sucessos da cantora não. Ao final do show, alguns fãs até comentavam entre si se, de fato, Madonna havia esquecido o hit e, desacreditados, se perguntavam se haviam perdido Like a virgin ao irem ao banheiro ou ao saírem para comprar uma cerveja.

O show começou animado, e prometia esquentar, principalmente quando Madonna cantou Vogue, Express yourself e mesmo com a versão mais lenta de Open your heart. Mas faltando quase uma hora para acabar já era possível ver muitos fãs que acompanhavam a apresentação na pista se sentarem no chão, demonstrando cansaço com a apresentação - mais performática e teatral que empolgante.

"Estou surpresa. Vim em 2008 e o show foi bem mais animado. Trouxe até a minha mãe hoje, mas não sei não se ela está gostando muito", comentou uma fã, que não conseguia esconder o cansaço a meia hora do fim do show. "Ela é demais, mas esperava um show mais empolgante", lamentou outro seguidor da cantora, que comparou o show com uma apresentação do Cirque du Soleil.

Sem os principais hits no repertório, os fãs se contentaram em "interagir" com a musa, que se demonstrava se esforçar para animar as 58 mil pessoas que a assistiam. "Está pronto, São Paulo?", perguntava Madonna, que levou o público ao delírio ao falar palavrões em português. "Caraaaalho", repetia a diva, sendo aplaudida e chamada de "gostosa" pelo público - elogio mais que merecido, para quem, aos 54 anos, exibe disposição e um corpo digno de uma "menininha".

Organização
Cheio, mas não completamente lotado, o público que assistiu ao show não encontrou grandes dificuldades para se locomover aos banheiros e às tendas de alimentação do estádio do morumbi. De acordo com a organização do evento, não houve registro de transtornos, e a segurança foi reforçada tanto do lado de dentro quanto do lado de fora, cercada por policiais militares. Até o início da madrugada, também não havia registros de incidentes relacionados a crimes.

Apesar da habitual dificuldade de se conseguir um táxi ao redor do estádio do Morumbi - uma reclamação frequente do público -, o local se esvaziou rapidamente ao final da apresentação. Nesta quarta-feira (5), Madonna voltará a subir ao palco na capital paulista, mas só se despede do público brasileiro no próximo domingo (9), quando encerra sua passagem pelo Brasil com um show em Porto Alegre (RS).

Público ficou pouco empolgado com a apresentação de Madonna
Público ficou pouco empolgado com a apresentação de Madonna
Foto: Marina Novaes / Terra
Fonte: Terra
publicidade