5 eventos ao vivo

SP: fãs de Madonna já dividem lugar na fila com os de Lady Gaga

9 nov 2012
13h58
atualizado em 19/11/2012 às 09h16

Hermano Freitas
Direto de São Paulo

Um fã da cantora Madonna jura ter chegado antes mesmo dos admiradores da Lady Gaga - conhecidos como little monsters - para acampar na porta do estádio Morumbi, em São Paulo, a fim de guardar lugar na fila do show. Parte de um grupo de 40 pessoas que usam barracas para marcar seus lugares na entrada, ele diz que pretende ficar 45 dias com a barraca montada e afirma ter ajudado os monstrinhos a se estabelecerem no mesmo lugar pelo mesmo ideal. O ator Michel M, 23 anos, afirma que não é porque as duas cantoras não se bicam que ele deixaria de tratar bem os colegas.

"Somos a favor da diversidade, o diferente sempre vai existir e que bom que é assim", diz, posando ao lado de Valmir Júnior, 17 anos. A turma que coloca suas barracas em cima de sacos de lixo faz um esquema de revezamento. Enquanto uns cuidam do lugar, outros se dedicam aos seus afazeres e depois voltam para seu posto, liberando o amigo, Assim, de acordo com eles, conseguem ficar mais próximos do palco sem permanecer por muitos dias seguidos dormindo na porta do estádio.

A estudante Suzy Vitória, 19 anos, moradora do Ipiranga, diz que o grande sonho é ter acesso ao chamado "Monster Pit", espaço que a cantora reserva para cerca de 500 dos mais fanáticos monstrinhos. Para chegar lá é preciso estar próximo da grade e esta posição só é obtida chegando com muitos dias de antecedência, como fez. "A gente se reveza. Quando eu não posso ficar, vem outro e fica por aqui", explica.

O pequeno acampamento chama atenção de motoristas que trafegam pela avenida Giovanni Gronchi. Um carro passa e seu ocupante abre a janela e grita "bicha!" pelo vidro na direção dos fãs. O estudante Ewerton Igor, 17 anos, diz que é sempre assim. "Xingam a gente, chamam de vagabundo, mas ninguém quer saber como compramos o ingresso", reclama.

Questionado se trabalha, ele diz que atualmente está sem emprego, mas que trabalhou o bastante para comprar o próprio ingresso. Morador do Campo Limpo, ele diz que tem perdido aulas e provas para guardar lugar pra ver Gaga.

Junto à moçada, algumas mães se dedicam a montar a estrutura colocando sacos de lixo como lonas embaixo das barracas. Eliane Ucha veio com o filho de 15 anos de Maceió, em Alagoas, para o show. Disse que estava com medo de deixar ele sozinho. Afirmou ter ido ao Walmart para comprar uma barraca, mas que o filho não ligava para o próprio conforto. "Ele disse que queria sofrer!"

"Somos a favor da diversidade, o diferente sempre vai existir e que bom que é assim", disse o ator Michel M., posando ao lado de Valmir Júnior
"Somos a favor da diversidade, o diferente sempre vai existir e que bom que é assim", disse o ator Michel M., posando ao lado de Valmir Júnior
Foto: Adriano Lima / Terra
Fonte: Terra
publicidade