publicidade
06 de março de 2013 • 10h31 • atualizado às 12h24

Sonia Abrão: "Chorão prezava muito a família para se matar"

"Ele disse que cantava para uma multidão mas se sentia muito sozinho", afirmou
Foto: Futura Press
  • Nathália Salvado
    Direto de São Paulo
 

Sonia Abrão, prima de Chorão, não acredita que o vocalista tenha cometido suicídio. Ela, que chegou ao prédio onde o cantor foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira (6) chorando muito, afirmou que ele "prezava muito a família para tirar a própria vida".

A causa da morte ainda não foi divulgada. O apartamento do cantor estava revirado e cheio de sangue, e Chorão tinha um machucado na mão. Segundo o delegado Itagiba Franco, do DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa), Chorão tomava remédios e parecia estar em depressão.

A apresentadora reforçou que ele amava muito o filho Alexandre e cuidava de uma tia que sofria com um AVC. Sonia contou que o encontrou há cerca de 7 meses. Na ocasião, ele comentou com ela pela primeira vez da depressão que sofria.

"Ele disse que cantava para uma multidão mas se sentia muito sozinho. O Chorão pediu que a família se reunisse mais, saísse para almoçar e estivesse sempre junto", contou ela. Segundo Sonia, o integrante do Charlie Brown Jr. ainda sofria com a separação da ex-mulher.

Ela afirmou ainda que o irmão de Chorão conversou com ele há alguns dias. O vocalista teria dito  que "estava com o coração apertado" e queria encontrar o pai dele, já falecido há 10 anos.

Para Sonia, a mensagem que Chorão deixa é a de que a vida deve ser aproveitada intensamente. "Ele adorava a vida, e talvez por isso ele tenha tido uma passagem tão conturbada."

Em entrevista ao apresentador Geraldo Luís, do Balanço Geral, da Record, ela disse: “Eu não quis entrar no apartamento. Eu não aguento. Ele era muito bom para tudo isso”. 

Aos 42 anos, o músico foi encontrado morto, em casa, no bairro de Pinheiros, na zona oeste da cidade. O motorista de Chorão o encontrou desacordado e telefonou para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Conheça a trajetória de Chorão, vocalista do Charlie Brown Jr.Clique no link para iniciar o vídeo
Conheça a trajetória de Chorão, vocalista do Charlie Brown Jr.

A Polícia Militar recebeu um chamado para averiguação de morte natural na residência do cantor às 5h18. O corpo foi encontrado no local e será examinado pela perícia. Inicialmente, o caso seria investigado pelo 14° DP, mas seguirá com o DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa). 

As causas da morte ainda são desconhecidas. 

Terra