0

Sandy grava primeiro DVD solo e emociona fãs em São Paulo

25 ago 2011
04h04
Rafael Machtura
Direto de São Paulo

Sem o irmão Júnior, a cantora Sandy gravou na noite de quarta-feira (24) seu primeiro DVD no Teatro Bradesco, São Paulo. Com a casa lotada, Sandy apresentou o repertório baseado nos shows de divulgação de Manuscrito, de 2010.

Ouça Sandy grátis no Sonora

"Estou ansiosa e animada para o show, mas não nervosa, porque é uma apresentação que deu certo, que amadureceu na estrada", disse Sandy à imprensa antes de subir no palco.

Com a casa inquieta e ansiosa após uma hora de atraso, Sandy arrancou gritos e aplausos desde o início, com Pés Cansados, single de seu primeiro trabalho solo. No palco, uma configuração intimista, com molduras vintages e duas penteadeiras que projetavam clipes, deixou a apresentação com a cara da cantora: jovial e pura.

Acompanhada pelo coro da plateia, Sandy seguiu o repertório de seu primeiro disco solo, com Dedilhada, Ela/Ele e Perdida e Salva; as duas últimas com o apoio orquestra de cordas, com seis violinos e dois violoncelos - além do tradicional baixo, bateria, piano e guitarras e violões presentes em todo o espetáculo. Sob a base dos instrumentos clássicos, sua voz ganhou mais força e profundidade.

Em seguida, Sandy agradeceu aos fãs pela "realização de um sonho" e anunciou que as próximas canções faziam parte das "músicas de cantar no chuveiro", apresentando Beija Eu, de Marisa Monte, e Put Your Record On, da inglesa Corinne Bailey Rae.

Em Tão Comum, a sétima do show, uma surpresa: Seu Jorge, que com sua voz peculiarmente grave deu à música uma textura mais funk. Com o estrondo da plateia, Sandy disparou: "Esta noite temos muitos convidados. Estou me sentindo!".

A cantora seguiu com Hoje Eu Quero Sair Só, de Lenine, para em seguida anunciar a participação do cantor pernambucano em Sem Jeito, também do disco Manuscrito. Na execução, Sandy cantou e tocou surdo, mostrando-se pouco íntima do instrumento.

Após a canção, fãs começaram a gritar e um deles se destacou, chamando-a de semideusa. A cantora não aguentou o elogio e brincou: "Semideusa é nova para mim".

Mais a vontade, Sandy sentou-se ao piano e tocou O Que Faltou Ser, arrancando ainda mais gritos dos presentes do Teatro Bradesco. Ao fim da música Sandy disse estar muito feliz pela noite e revela que a gravação do DVD era seu segundo filho; "O primeiro foi o disco", completou.

Com cenas de uma viagem de trem no telão e o apoio da orquestra, Sandy seguiu com o repertório de Manuscrito, tocando Duras Pedras. Em seguida, a estrela da noite anunciou a sua última convidada especial, a cantora inglesa Nerina Pallot.

Acompanhada por Nerina no piano, Sandy cantou Dias Iguais, canção gravada pelas duas em Manuscrito. Após a execução, Sandy contou que conheceu a cantora inglesa pela televisão e revelou que após ficar impressionada com seu talento, foi até Londres convidá-la para participar de seu disco. As duas ainda cantaram Idaho, do repertório da inglesa.

Sozinha no palco, Sandy seguiu com mais dois covers: uma versão mais jazz de Wonderwall, do Oasis, e a praiana Por Enquanto, do Legião Urbana, que a cantora disse fazer parte de sua adolescência.

Em seguida, Sandy disse que reviveria os "bons 17 anos de carreira ao lado de Júnior" e cantou Quando Você Passa e Estranho Jeito de Amar. Emocionada, a plateia cantou e bateu muitas palmas, para em seguida seguir em coro com Inesquecível e Não Dá Para Não Pensar, enquanto a cantora se ajeitava no palco.

Sandy continuou com Black Horse And The Cherry Tree, da cantora escocesa KT Tunstall, Casa e convidou a plateia para se levantar em Quem Sou Eu, enquanto imagens de bastidores de sua turnê corriam pelo telão.

Por fim, Sandy deu o bis que todos queriam com Esconderijo, apresentando sozinha no piano, e Tempo, uma das quatro canções repetidas ao longo do show, e que contou a participação de Júnior, diretor do espetáculo, e o marido Lucas Lima.

Mesmo com ida e vindas, paradas entre as canções e as repetições comuns em gravações de shows, a plateia não se mostrou cansada nas duas horas de show e saiu do Teatro Bradesco querendo mais.

Sem Júnior, Sandy grava seu primeiro DVD ao vivo em São Paulo
Sem Júnior, Sandy grava seu primeiro DVD ao vivo em São Paulo
Foto: Fernando Borges / Terra
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade