PUBLICIDADE

Prostituição, garrafada e atrasos: confira passagem de Bieber no Brasil

Nos últimos meses, o ídolo teen tem colecionado tantas polêmicas quanto a nova diva pop Miley Cyrus; no Brasil, não foi diferente

6 nov 2013 - 10h18
(atualizado às 11h35)
Ver comentários
Publicidade
<p>Justin Bieber se apresentou na praça da Apoteose, no Rio de Janeiro, no domingo (3)</p>
Justin Bieber se apresentou na praça da Apoteose, no Rio de Janeiro, no domingo (3)
Foto: Daniel Ramalho / Terra

Poderia ter sido uma turnê brasileira tranquila, mas se tratando de Justin Bieber isso jamais seria possível. Nos últimos meses, o ídolo teen tem colecionado tantas polêmicas quanto a nova diva pop Miley Cyrus: bateu em paparazzi, andou em alta velocidade por aí, grafitou muro na Colômbia, cantou pelado para a avó, cuspiu em seus fãs, etc. Por que no Brasil seria diferente, não é?

Bieber chegou ao Rio de Janeiro na manhã de sexta-feira (1º). A primeira atitude foi fofa, para deixar todas as beliebers - como são denomidadas as fiéis seguidoras do jovem rapaz - gritando (mais ainda) de felicidade. Após fazer o check-in no Copacabana Palace, ele apareceu na varanda de sua suíte presidencial, acenou e sorriu para as meninas e meninos que o esperavam há dias. Impressionado com a paisagem carioca, até apoiou a cabeça no parapeito para admirar tudo com calma. Depois de tanta ternura, Justin Bieber resolveu se divertir. 

Termas cariocas

O cantor canadense decidiu que era uma boa curtir as Termas Centaurus - tradicional casa de sauna -, em Ipanema. À procura de diversão, ele teria escolhido algumas garotas de programa para estender a noite em seu quarto de hotel. Saiu de lá com duas morenas. Na hora de deixar o local, tentou ser bem discreto para passar pelos diversos fotógrafos que o aguardavam: com um lençol cobrindo o rosto e rodeado por seguranças.

Quem não gostou muito das hóspedes de Justin Bieber foi administração do Copacabana Palace, que teria impedido a entrada das meninas, já que tem uma política rígida contra prostituição. Alguns garantem que ele foi expulso, mas o que se sabe é que o cantor alugou uma mansão na capital carioca para fazer a festa que quisesse sem ser incomodado.

Garrafada

Sábado (2) foi dia de felicidade para as fãs de São Paulo, onde o músico fez seu primeiro show da turnê brasileira de Believe. Pena que não foi uma felicidade completa, porque Bieber saiu do palco antes do show terminar. Programa ótimo para quem ficou dias a fio na fila para ter um vislumbre do moço.

Veja momento em que Justin Bieber é atingido por garrafa e se irrita:

O cantor, que se apresentou na Arena Anhembi, subiu ao palco com 1h20 de atraso, abusou do playback e protagonizou um momento um tanto quanto frustrante. No final do show, enquanto interpretava Boyfriend, uma fã arremessou uma garrafa que derrubou o microfone do artista. Ele, então, virou as costas e foi embora, sem se despedir e sem cantar Baby.

Festa

As fãs podem ter ligado e feito campanha no Twitter para pedir desculpas, mas Bieber nem ficou muito chateado por ter sido atingido por uma garrafa e ter deixado milhares de beliebers sem ouvir o seu hit absoluto. O cantor se jogou na balada na capital paulista. Ele esteve na Disco, que contou com Tay James, o DJ oficial do astro teen, nas picapes.

Cansado da noite paulistana, de acordo com o jornal Extra, ele voltou para o Rio de Janeiro de jatinho e foi direto para a boate Zax Club. Chegou às 3h e foi embora 1h30 depois, em uma van com 30 mulheres. As escolhidas de Bieber para a festinha privê foram para a casa onde estava hospedado.

Agarrado no palco

No domingo (3), foi o dia do Rio de Janeiro receber o show do cantor, na praça da Apoteose. Assim como na capital paulista, o cantor também atrasou a apresentação - desta vez em quase duas horas, já que o show estava marcado para as 19h e começou às 20h50.

Também durante a música Boyfriend - mesma canção na qual um fã atirou um objeto contra o microfone do cantor, na capital paulista -, um fã subiu ao palco e agarrou o astro teen. Desta vez, porém, Justin riu da situação e brincou dizendo que pensou que era um de seus dançarinos. Por fim, ele não decepcionou a plateia e cantou seu hit absoluto, Baby.

Pichação e gesto obsceno

Na madrugada de terça-feira (5) o astro pop se envolveu em mais polêmica. Justin saiu da mansão onde está hospedado em Joá, e foi até São Conrado, acompanhado por seus seguranças. Lá, ele pichou um muro e arrumou confusão com fotógrafos que faziam fotos.  Os seguranças do cantor teen atacaram dois fotógrafos que estavam registrando o momento. ''Tomei um paralelepípedo na lateral do meu carro. Fui agredido pelos segurança'', disse Gabriel Reis em conversa com a BANG Showbiz. ''O meu parceiro teve o carro também danificado e os seguranças do Justin Bieber chegaram a rasgar a roupa dele'', relatou. Depois da confusão o cantor resolveu atender um grupo de fãs que estava no local. Depois de terminar sua pichação, onde deixou escrito ''respect privacy'' (respeitem a privacidade, em português) ele seguiu até a praia da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, onde foi se exercitar. Logo em seguida, bebeu uma latinha de refrigerante e mostrou o dedo médio para os fotógrafos.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade