inclusão de arquivo javascript

Planeta Terra Festival

 
 
 

Planeta Terra Festival chega à 7º edição e acontece em novembro

29 de abril de 2013 09h38 atualizado às 09h44

Anúncio publicitário criado pelo Terra para anuncia a sétima edição do Planeta Terra Festival. Foto: Terra

Anúncio publicitário criado pelo Terra para anuncia a sétima edição do Planeta Terra Festival
Foto: Terra

O Terra, maior empresa latino-americana de mídia digital, anunciou nesta segunda (29) a realização da sétima edição do Planeta Terra Festival no Brasil. Data, local e line-up do evento serão divulgados em breve, bem como detalhes sobre a venda antecipada de ingressos. Em 2013, o festival acontecerá no mês de novembro.

Criado pelo Terra em 2007 e hoje consolidado como um dos maiores festivais da América Latina, o Planeta Terra Festival já trouxe ao Brasil nomes como The Strokes, Pearl Jam, Devo, Iggy Pop, Jesus & Mary Chain, Kaiser Chiefs, Kasabian, Lily Allen, Pavement, Phoenix, Smashing Pumpkins, Sonic Youth, The Breeders e The Offspring. As edições do festival de 2007 e 2008 aconteceram na Vila dos Galpões e as edições 2009, 2010 e 2011 no Playcenter, em São Paulo. Em 2012 o Jockey Club de São Paulo foi a casa do festival.

Com apresentações simultâneas em mais de dez horas de shows, transmitidos gratuitamente e ao vivo pelo Terra, em alta definição, o festival tem uma produção minuciosa, atenta a todos os detalhes para oferecer ao público - tanto os presentes no local como à audiência distribuída por toda a América Latina - a melhor experiência possível.

Retrospectiva
Para um festival conseguir agradar o público, é preciso, obviamente, que apresente uma extensa e variada programação. Apesar disso, não há como negar: o headliner (como o próprio nome já diz) é sempre o mais aguardado da noite. No Platera Terra, em cinco anos de história como festival, esse posto já foi ocupado por todos os tipos de atrações - desde jovens promessas da música pop, como Lily Allen, até nomes consagrados do rock'n'roll, como Iggy Pop.

A britânica foi a primeira artista a encabeçar um line-up do festival. Lily, que atingiu a fama por meio de vídeos publicados no MySpace no início dos anos 2000, apresentou-se na edição de 2007 do Planeta, um ano depois de lançar seu primeiro álbum de estúdio, Allright, Still. Fumando e dizendo estar "um pouco bêbada" durante o show, a artista, na época com 22 anos, divertiu o público com seus maiores hits, entre eles o sucesso Smile, e covers bastante conhecidos, como as canções Everybody's Changing, do Keane, e Heart of Glass, do Blondie.

No ano seguinte, foi a vez da também britânica banda Kaiser Chiefs comandar a noite. Ao subir ao palco principal (que já havia recebido The Jesus and Mary Chain, Bloc Party e The Offspring), eles apresentaram músicas do primeiro disco, Employment (2005), e também do segundo, Yours Truly, Angry Mob (2007). Já no começo, emendaram dois de seus grandes sucessos, Everything Is Average Nowadays e Everyday I Love You Less And Less, mostrando ao público tudo o que o show prometia.

Em 2009, o festival recebeu uma lenda do rock fechando sua programação: Iggy Pop & The Stooges, tocando na turnê de homenagem ao clássico álbum Raw Power, lançado em 1973. Conhecido como um dos melhores frontmans da história, Iggy Pop caprichou no rebolado durante a execução de hits como Search and Destroy, The Passenger e Lust for Life. O grande momento da noite, porém, foi quando o cantor chamou o público a subir no palco, causando uma grande confusão. Ao sair de cena, Iggy, com as calças abaixadas, acabou mostrando mais do que devia.

O Planeta Terra de 2010 foi uma celebração dos anos 90. Além dos heróis indies do Pavement, que fizeram uma improvável turnê de reunião naquele ano, o festival recebeu o Smashing Pumpkins para encerrar sua programação. Mesmo com apenas Billy Corgan da formação original, os norte-americanos animaram o público até a madrugada, tocando músicas de seu disco Teargarden by Kaleidyscope e clássicos como Tonight, Tonight, o ponto alto do show, mesmo em versão levemente alterada em relação à original.

Após esgotar todos seus ingressos em menos de um dia, o Planeta Terra de 2011 trouxe uma das principais bandas dos anos 2000 a São Paulo. Encerrando a turnê do disco Angles, o The Strokes ignorou o cansaço e fez um show redentor, enfileirando hits dos clubes undergrounds. Reptilia, You Only Live Once, Under Cover of Darkness e o clássico Last Nite comandaram os pulos coordenados da plateia, que parecia toda ter 18 anos novamente.

Após três anos no Playcenter, o festival ganhou casa nova e aconteceu no Jockey Club, em São Paulo. Além de ganhar o skyline da capital paulista como pano de fundo, o evento cresceu e chegou ao seu maior número de público: 30 mil pessoas dançaram ao som de Kings of Leon, Garbage, Gossip, Suede, Best Coast, The Maccabees e muitos outros que se encarregaram de dar trilha sonora ao Planeta Terra de número 6.

Referência em transmissão ao vivo na internet
Com expertise que aumenta a cada edição do festival, o Terra se tornou uma das maiores referências internacionais na transmissão de shows ao vivo, simultaneamente para diversos países. Não à toa, a empresa foi a escolhida por artistas como Paul McCartney e U2 para a transmissão ao vivo de seus shows, durante recentes turnês na região coberta pelo Terra. Todos os shows do Planeta Terra Festival 2012, como nos anos anteriores, serão transmitidos ao vivo em HD em todos os aparatos conectados à internet de graça para todos os usuários da América Latina, Estados Unidos e Espanha.

Terra