2 eventos ao vivo

vc repórter: fã enfrenta saga para ver Kings of Leon no Planeta Terra

24 out 2012
13h11
atualizado às 13h33

Quando o Terra anunciou, em junho, os primeiros nomes das bandas que tocariam na sexta edição do Planeta Terra Festival, despertou nos fãs do quarteto do Kings of Leon o sonho de assistir ao vivo à apresentação de uma das mais aclamadas bandas norte-americanas da atualidade. Para a estudante Marília de Paula Botelho, 19 anos, que mora em Goiânia (GO), o sonho se tornou realidade depois de uma verdadeira saga.

Acometida por uma paralisia cerebral causada pelo nascimento prematuro, aos 5 meses e 20 dias, Marília desenvolveu um quadro de diparesia espástica, que comprometeu sua habilidade motora nos membros inferiores, o que se traduz em uma maior dificuldade na locomoção, apesar de não exigir de Marília o uso de muletas ou cadeira de rodas.

Ao descobrir que o Kings of Leon, uma de suas bandas favoritas, viria ao festival, ela decidiu comprar seu ingresso - mesmo sem contar, até o momento, com passagem, hospedagem, autorização dos pais ou mesmo uma companhia para a viagem.

Para sua surpresa, no entanto, a estudante foi convidada para participar das Paralimpíadas Escolares de 2012, que seriam realizadas entre os dias 15 e 19 de outubro em São Paulo. Como o Planeta Terra estava marcado para o sábado, dia 20, no Jockey Club da cidade, o torneio resolveu parte de seus problemas. Acompanhada da delegação, Marília saiu de Goiânia no dia 14, e ficou hospedada com ela em uma pousada. "Competi e ganhei duas medalhas de ouro na natação, uma nos 100m livres e outra nos 50m livres, sem nunca parar de pensar que no dia 20 teria meu prêmio final", disse ela.

Sem hotel para ficar hospedada entre sábado e domingo, sem lugar para guardar as malas, a estudante não perdeu o ânimo. "Não desisti. Às 8h eu estava na frente do portão do Jockey Club (local do evento), sentada cochilando no meio fio, usando minha mochila como travesseiro, com todos os meus pertences nela", conta.

Fazendo companhia a ela estava o tio, Júnior Lopes, que viajou de Brasília à São Paulo para dar suporte à sobrinha. Quando os portões se abriram, ela foi o mais rápido que pôde em direção ao palco Main Stage: "mas para minha tristeza, a grade já tinha sido ocupada".

"Até o momento em que os Kings of Leon subiram no palco eu estava exausta, com dores horríveis pelos dias de competição, pela insônia, depois de 8 horas sem poder me sentar, prensada na grade lateral esquerda, sem beber e comer para não ter motivos para sair da posição que havia conquistado", disse ela, que não quis ser levada à área reservada a pessoas com deficiência, localizada no fundo da pista.

Hora do show
Chegava a hora do show. "Bastou ver a bateria do Nathan ser trazida ao palco, que o motivo pelo qual eu estava ali se tornou real, e esqueci de tudo", relembra Marília.

"Por momentos como esse, de ver a banda parar, o palco se escurecer, a plateia sentir o clima mudar e começar a chamar por Closer - um dos hits do grupo -, e ver o sorriso dos músicos sabendo que acertamos qual seria a próxima música, valeu a pena".

Ao ver as notícias sobre o show, Marília reconheceu entre os fãs o estudante Anderson Silva, que ganhou do vocalista Caleb um lenço jogado à plateia, e com quem conversou durante todo o dia no festival

"Foi então que resolvi mandar meu relato. Pois também merecia esse lenço, por tudo, pela minha ligação com cada uma das músicas dessa banda, e pelas 8 horas de ônibus de volta à Goiânia, depois de dormir em um banco da Rodoviária do Tietê. Mas não me arrependo de nada que fiz, só do que deixei de fazer", garante ela, que ainda tem esperança de conseguir um "prêmio" vindo de Caleb. "Na próxima chance, vou largar tudo para trás, ser a mais rápida, como fui nas competições, e fazer melhor".

A internauta Marília de Paula, de Goiânia (GO), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

Marília de Paula saiu de Goiânia (GO) e enfrentou uma verdadeira maratona para conseguir assistir ao Kings of Leon no Planeta Terra
Marília de Paula saiu de Goiânia (GO) e enfrentou uma verdadeira maratona para conseguir assistir ao Kings of Leon no Planeta Terra
Foto: Marília de Paula / vc repórter
vc repórter
publicidade