5 eventos ao vivo

Transmissão em 4 canais, incluindo HD, amplia fronteiras do Planeta

21 nov 2010
18h16
atualizado em 23/11/2010 às 12h51

Além das 20 mil pessoas que lotaram o Playcenter neste sábado, em São Paulo, para curtir o Planeta Terra Festival, os fãs que não conseguiram ingresso puderam acompanhar à distância o espetáculo. Foram 15 bandas, que tocaram mais de 150 músicas durante mais de 11 horas. Foram também quatro canais exclusivos na transmissão pela web, incluído o sinal em HD do Sonora Main Stage. A qualidade do canal em alta definição, que trouxe uma experiência incrível aos internautas, foi o grande destaque.

Assista aos vídeos do Planeta Terra Festival
Assista aos shows do palco Sonora Main Stage em HD

Além dos dois palcos, o Estúdio Terra também ficou ao vivo com entrevistas exclusivas comandadas pelos apresentadores Kid Vinil, Bárbara Thomas, Gastão Moreira, Patrícia Travassos e Jonas Almeida.

A transmissão da Terra TV foi feita para todo o Brasil, América Latina e mais Estados Unidos. Além dos shows ao vivo, os internautas puderam acompanhar a movimentação dos backstages, entrevistas com as bandas e os famosos que conferirem o festival.

Para captar todos os detalhes das apresentações, dez câmeras ficaram posicionadas, sendo seis delas no Sonora Main Stage e quatro no Gillette Hands Up \o/ Indie Stage. A novidade ficou por conta da Cammate, uma câmera especial que trouxe tomadas por cima do público, operada remotamente. A transmissão também foi feita por celular e iPad, através do site m.terra.com.br. Os usuários dos aparelhos de iPhone, iPad e smartphones puderam conferir os três canais ao vivo.

Havia muito que informar. Smashing Pumpkins, entre outros grandes, estaria no palco. Grande, então, deveria ser a estrutura para mostrar tudo isso. Mas antes mesmo de transmitir, foi preciso preparar toda uma estrutura. Mais de 1,5 mil pessoas se envolveram nesse processo. Só para montar o palco principal, com seus 26 metros de altura por 66 de comprimento e 150 toneladas, foram necessárias 80 pessoas. Outros tantos foram designados para por de pé palco menor. Mais uma turma montou o camarote de dois andares com capacidade para 3 mil pessoas, sem contar stands, cabines, camarins, etc.

Ainda mais gente foi convocada para lidar com os mais de 30 quilômetros de cabos que foram manuseados durante os preparativos, dando conta de 600 mil watts de potência para palcos e outros 600 mil para o sistema de iluminação.

Mais números? No quesito segurança, 450 seguranças foram mobilizados para o evento, além de efetivos das polícias Civil e Militar, para garantir tranqüilidade no entorno do Playcenter. Vinte câmeras fizeram o monitoramento do parque, num esquema semelhante ao utilizado no Grande Prêmio Brasil de F1.

E para atender os artistas? Mais uma mega estrutura. Afinal, as exigências não eram poucas. Que o digam os meninos do Pavement, que pediram mais de cem garrafas de cerveja no camarim, e o Mika, que de última hora quis comer churrasco e beber caipirinha.

No quesito ambiental, que, mais uma vez não podia faltar no Planeta Terra, sete mil cinzeiros porta-bitucas foram distribuídos, sem falar nos vários recipientes espalhados pelo parque para a separação do lixo que, segundo estimativas dos organizadores, deverá somar quatro toneladas a serem recicladas. Muita gente também trabalhou nessa ação de respeito ao homem e à natureza.

O Planeta Terra foi transmitido pela web, celular, iPad, iPhone e smartphones
O Planeta Terra foi transmitido pela web, celular, iPad, iPhone e smartphones
Foto: Edu Lopes / Especial para Terra
Fonte: Terra
publicidade