PUBLICIDADE

Em estreia no Brasil, Garbage ganha público: "conseguimos"

20 out 2012 20h48
| atualizado em 28/10/2012 às 00h59
Publicidade
Osmar Portilho
Direto de São Paulo

O Garbage ficou famoso na década de 90 com uma mistura explosiva de guitarras pesadas com elementos de música eletrônica. Na linha de frente, uma vocalista ruiva que arrasta olhares por onde anda. Pela primeira vez no Brasil, o quarteto norte-americano mostrou exatamente isso ao público do Planeta Terra Festival, realizado neste sábado, no Jockey Club, em São Paulo. Recebidos com grande empolgação no Sonora Main Stage, a banda foi a penúltima atração do palco principal e ganhou o público los nas primeiras canções de seu set-list.

"São Paulo, nós conseguimos!", gritou com seu forte sotaque escocês Manson, 46 anos, depois da execução da terceira canção repertório, Shut Your Mouth, ovacionada pelos fãs que encheram a pista principal do evento. O Garbage empolgou não só por seu tempo de banda sem visitas ao País. O grupo mostrou vitalidade invejável e execução de suas canções com qualidade de um grupo empolgado por estar na estrada. Antes de desembarcar no Brasil, em entrevista ao Terra, o baterista Butch Vig - famoso por ter produzido Nevermind, do Nirvana - disse que a banda "estava tocando melhor do que nunca". Fato. Enquanto Shirley Manson pula, canta e carrega os olhares de seus fãs por todos o lados, Vig carrega o peso da bateria em seus pads eletrônicos e a dupla de guitarristas Duke Erikson e Steve Marker se entrosam entre riffs, efeitos e peso liberado na hora certa.

E não foi só a cantora que comemorou a estreia de sua banda no País. Antes mesmo de o grupo subir ao palco, durante a introdução, o público já demonstrava ansiedade por ver os ídolos ao vivo, pela primeira vez. E, aos primeiros acordes da empolgante Automatic Systematic Habit, quando Manson surgiu sorridente em cena, já se pôde ver - e sentir - no espaço a animação que a presença do Garbage trazia ao festival, com os presentes pulando furiosamente e balançando o corpo de um lado para o outro.

"Um grande obrigado a todos que nos esperaram por tanto tempo. Desculpe por terem feito vocês esperarem tantos anos. Agora estamos aqui em São Paulo, no Brasil", disse, empolgada.

Entre as canções também não foi raro ouvir diversas vozes vindas da pista gritando "melhor show", "o melhor da noite". "Este dia já era para ter vindo há muito tempo", discursou Manson antes do hit Control, como quase todo o repertório, acompanhado em coro pelos presentes. "E estamos espantados por estar nesta cidade incrível, em um país maravilhoso como este, com pessoas que nos conhecem tão bem. Desculpamo-nos por deixá-los esperando por nós por tanto tempo. Esta noite significa tanto para a gente quanto para os fãs do Garbage", garantiu, recebendo em troca palmas e gritos de aprovação.

Entre a enxurrada de clássicos apresentada, incluindo ainda Why Do You Love Me?, Stupid Girl e Milk, Manson também homenageou as outras bandas presentes no festival. E aconselhou os fãs: montem uma banda. "Eu só queria dar os parabéns a todos os músicos que tiveram a oportunidade de tocar nesta noite...Kings of Leon, Suede, Gossip, entre tantas outras. A coisa mais legal de tocar em uma banda é conhecer quem você admira. Então, se vocês tiverem vontade de conhecer pessoas, outras culturas, montem uma banda amanhã de manhã!"

Perto do final da apresentação, o grupo ainda homenageou o cunhado de Butch Vig, baterista da banda famoso por ter produzido o clássico Nevermind, do Nirvana. O parente do músico, a quem chamou de amigo, morava no Brasil e morreu recentemente.

Set-list
Automatic Systematic Habit
Paranoid
Shut your Mouth
Why do You Love Me?
Queer
Stupid Girl
Hammering in My Head
Control
#1 Crush
Cherry Lips
Blood for Poppies
Milk
Special
Push it
Only Happy When It Rains

Transmissão
Com dois sinais simultâneos, um no Sonora Main Stage e outro no Claro Indie Stage, os internautas assistiram aos 13 shows do Planeta Terra Festival 2012, ao vivo do Jockey Club de São Paulo, inclusive por tablets, smartphones e TVs conectadas. A transmissão do Terra, maior empresa latino-americana de mídia digital, foi feita para todo o País em HD (ou padrão standard, a depender da velocidade de banda do internauta) e teve duração de aproximadamente 11 horas, a partir das 13h. O evento contou com 12 câmeras, incluindo duas microcâmeras instaladas em cima dos palcos e duas gruas, uma para cada, para a exibição de todos os detalhes dos shows.

Vc repórter
Curtiu as atrações do Planeta Terra? Envie fotos, vídeos e relatos para o vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra, clicando aqui.

A cantora Shirley Manson no início da apresentação da banda norte-americana no Main Stage
A cantora Shirley Manson no início da apresentação da banda norte-americana no Main Stage
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
Fonte: Terra
Publicidade