0

"Pedi demissão", diz fã de Madonna acampado para show em SP

3 dez 2012
11h51
atualizado às 12h06

Fernando Borges
Direto de São Paulo

Madonna se apresenta em São Paulo nesta terça (4) e quarta-feira (5), no estádio do Morumbi. Muitos já estão na porta do local, dormindo na fila para conseguir um bom lugar após a abertura dos portões.

É o caso de Charles Felipe, de 19 anos, Caroline Reis Souza, 20 anos e Camila Eugênio Pinheiro, 24 anos. O trio está há 40 dias na fila e integram um grupo de 18 pessoas que se revezam para guardar lugar. O esquema dos amigos funciona em três turnos - das 7h às 15h, das 15h às 23h e das 23h às 7h - e cada pessoa do grupo vai de duas a três vezes por semana dar sua contribuição de 8h.

Felipe Oliveira, de 23 anos, chegou a pedir demissão da distribuidora que trabalha em Belém para conseguir um lugar privilegiado no show de Madonna. "Pedi demissão, mas a empresa preferiu me dar 10 dias de folga", contou. O paraense está em São Paulo pela primeira vez e acampa em frente ao estádio há uma semana.

Reginaldo da Silva Eugênio, de 21 anos, é um dos fãs mais fervorosos de Madonna. Em conversa com o Terra, ele lembrou que o show da rainha do pop em 2008 mudou sua vida. "Vivia tentando negar que sou homossexual, porque achava que era um mundo de perversão". Na fila do show da cantora deu seu primeiro beijo gay e, desde então, se assumiu. "Esse show vai ser mais importante. Estou ansioso para rever Madonna", disse ele.

Charles, Caroline e Camila estão há 40 dias na fila em esquema de revezamento
Charles, Caroline e Camila estão há 40 dias na fila em esquema de revezamento
Foto: Fernando Borges / Terra
Fonte: Terra
publicidade