0

Paula Fernandes perde briga judicial para empresa de Leonardo

26 set 2012
08h06
atualizado às 08h07
  • separator

HELOISA TOLIPAN

Paula Fernandes estava passando por uma luta judicial com a Talismã, empresa do cantor Leonardo, para voltar a administrar a própria carreira. E perdeu. Nesta terça-feira (25), por meio de um comunicado oficial à imprensa, a agência, da qual o sertanejo é sócio, divulgou que a Justiça derrubou a liminar que dava à cantora o direito de controlar seus contratos de shows.

Em agosto, amparada pela liminar, Paula havia conseguido retomar as rédeas de sua agenda e compromissos até o final do contrato com a Talismã, preservando os direitos econômicos da empresa. Depois, a gestão de sua carreira ficaria a cargo da Jeito do Mato, da qual a cantora é dona.

Após decisão judicial, a Talismã declara que ainda é a responsável pelas atividades profissionais de Paula: "Todo e qualquer contrato artístico envolvendo a cantora Paula Fernandes deve ser estruturado ao amparo do contrato firmado com a Talismã Music".

Tudo parece resolvido, mas ainda há divergências no caso: a assessoria da cantora afirma que o contrato com a empresa de Leonardo vai até novembro de 2012, enquanto a Talismã assegura que o compromisso entre as duas partes está firmado até fevereiro de 2014. Será que vem mais briga judicial por aí?

Empresa Talismã continuará controlando os contratos de shows da artista
Empresa Talismã continuará controlando os contratos de shows da artista
Foto: Gustavo Freitas / AgNews

Veja também:

The Weeknd doa US$ 1 milhão em alimentos para a Etiópia
Jornal do Brasil Jornal do Brasil
publicidade