inclusão de arquivo javascript

 
 

Fernanda Canaud e Marco de Pinna tocam chorinho

31 de julho de 2004 21h03

A pianista Fernanda Chaves Canaud e o bandolinista Marco de Pinna mostram amanhã, às 19h, na Toca do Vinícius, no Rio de Janeiro, um repertório bem brasileiro, que inclui obras de Ernesto Nazareth, Pixinguinha e Jacob do Bandolim, entre outros cobras do chorinho.

Formada pela Escola de Música da UFRJ, Fernanda Chaves Canaud deve sua formação pianística a mestres como Homero Magalhães, Linda Bustani, Arnaldo Cohen, entre outros. Profunda conhecedora da obra de Radamés Gnattali, ela já obteve inúmeros prêmios em concursos nacionais de piano, foi bolsista do Conservatório de Moscou e vem se apresentando em diversas salas de concerto no Brasil e no exterior. Ela também é professora da Escola de Música Villa-Lobos e criou a Escola Superior de Música da Universidade Candido Mendes, em Nova Friburgo.

Professor, compositor, instrumentista e arranjador, Marco de Pinna é líder e solista do conjunto Vibrações. Foi um dos fundadores do grupo Nó em Pingo d`Água, quando obteve o primeiro lugar no terceiro Concurso de Conjuntos de Choro da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Além de bandolim, toca violão, violão tenor, cavaquinho e banjo. Já gravou e tocou com Nelson Cavaquinho, Clara Nunes, Elizeth Cardoso, João Nogueira, Raul Mascarenhas e João Carlos Assis Brasil, só para citar alguns nomes de peso.

A Toca do Vinícius ficas na Rua Vinícius de Moraes, 129, em Ipanema, na Zona Sul do Rio. A entrada é franca.

Jornal do Brasil
Jornal do Brasil