inclusão de arquivo javascript

 
 

Cena independente celebra o rock e a chuva em SP

19 de abril de 2004 17h48 atualizado às 17h48

André, do Nitrominds, no melhor show do festival. Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

André, do Nitrominds, no melhor show do festival
Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

A abertura do 1º Festival São Paulo Independente arrastou aproximadamente mil pessoas para o calçadão do Vale do Anhangabaú, no centro da cidade, neste domingo, celebrando riffs de guitarra, camisetas pretas, cabelos coloridos e muita, muita chuva.

Veja fotos do festival!

Kid Vinil, diretor artístico da Rádio Brasil 2000, abriu o evento falando da cena independente e chamando ao palco a banda Los Pirata. O trio formado por Paco (guitarra), Loco (betaria) e Jesus (guitarra/baixo) abriu o festival com a música Nada, e teve um pequeno problema no começo do show, quando o som pareceu querer estragar a festa. A banda saiu e voltou cerca de 15 minutos depois detonando uma excelente apresentação.

O segundo grupo a subir ao palco foi o Cansei de Ser Sexy. Bastante badalado na noite paulistana, a banda mostrou eficiência na desordem, culminando em doses cavalares de microfonia. A chuva caia sobre o público, que não arredava o pé. Na bateria, Adriano Butcher ritmava a bagunça. Na frente do palco, a japonesa loira Love Foxxx pulava, rolava no chão, incitava o público e gritava as letras das músicas em uma performance empolgante. Baderna punk da melhor qualidade.

Na seqüência, ainda sobre a chuva, o Borderlinerz, banda paulistana formada em janeiro de 2003 por Zeh (voz/baixo), Boriz (Guitarra/Voz), Fabio (Guitarra/Voz) e Tony (bateria), mostrou canções de seu disco ...Elvis. O som traz pitadas do glam rock de bandas como New York Dolls e do punk inglês do final dos setenta. No final da apresentação, o guitarrista Boriz pulou sobre a bateria no melhor estilo Kurt Cobain. Como o equipamento era alugado pela produção, o tempo esquentou.

Quando o Nitrominds pisou no palco, a ala hardcore ganhou seu representante, proporcionando o melhor show da primeira edição do 1º Festival São Paulo Independente. Comemorando dez anos de estrada, a banda recebeu o carinho do público, que respondeu a altura ao apelo do vocalista e guitarrista André, batendo palmas e cantando letras como a de Fire and Gasoline, um retrato perfeito do show do grupo. A chuva, que não dava descanso, não diminuiu o ânimo do público que consagrou o Nitrominds, destacando a excelente condução de bateria de Edu.

Após a festa do show do Nitrominds, o Thee Butchers' Orchestra encarou com maestria a tarefa de manter o público aquecido. O trio subiu ao palco para fazer o primeiro show após o lançamento de seu novo disco, What About Now?, detonando riffs violentos de guitarra, honrando o melhor do rock de garagem de todos os tempos. No palco, o guitarrista/vocalista Adriano (que já havia tocado bateria com o Cansei de Ser Sexy), o baterista Zeh (que havia tocado guitarra com o Borderlinerz) e o guitarrista/vocalista Marco aumentaram o volume do som, e tiveram um ponto a favor: com o fim da tarde (e da chuva), a banda pode aproveitar as luzes do palco, melhorando o conjunto de um show impecável. No fim, Marco ameaçou pular sobre a bateria, mas só quis chamar a atenção dos presentes para, em seguida, homenagear o Borderlinerz.

Para o final, o quarteto Daniel Beleza e Os Corações em Fúria subiu ao palco de calças de couro e saltos plataforma para colocar o glam rock na ordem do dia.

Realizado pela Prefeitura de São Paulo, por meio da Coordenadoria Especial da Juventude, em parceria com a Rádio Brasil 2000, a primeira edição do 1º Festival São Paulo Independente se mostrou um excelente panorama do rock indepentende da cidade. O excelente som, a boa organização e o bom público (mesmo com a chuva) mostram que o evento está no caminho certo.

O evento ainda terá mais três edições em 2004. As próximas acontecem nos dias 16 de maio, na Mooca, 13 de junho, em Santo Amaro, e 11 de Julho, no Butantã. Todos serão gratuitos, ao ar livre e no período da tarde. Confira quais bandas se apresentam nos próximos eventos:

16 de maio
Lambrusco Kids
Gram
Os Excluidos
Polara
White Frogs
Ludov

13 de junho
Forgotten Boys
Lava
Inocentes
Zumbis do Espaço
Hats
Biônica

11 de julho
Killi
Dance of Days
Street Bulldogs
Crazy Legs
Frila
Objeto Amarelo

Redação Terra
  1. Ao centro, o baterista dos Los Pirata Loco Sosa com seu kit de bateria playmobile  Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

    Ao centro, o baterista dos Los Pirata Loco Sosa com seu kit de bateria "playmobile"

    Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

  2. O trio Los Pirata abriu o evento com sol e um excelente público  Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

    O trio Los Pirata abriu o evento com sol e um excelente público

    Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

  3. A japonesa loira Love Foxxx, no centro, foi um dos destaques do show do Cansei de Ser Sexy  Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

    A japonesa loira Love Foxxx, no centro, foi um dos destaques do show do Cansei de Ser Sexy

    Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

  4. O Cansei de Ser Sexy se mostrou uma perfeita baderna punk  Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

    O Cansei de Ser Sexy se mostrou uma perfeita baderna punk

    Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

  5. O guitarrista Adriano Butcher já tinha tocado bateria no show do Cansei de Ser Sexy  Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

    O guitarrista Adriano Butcher já tinha tocado bateria no show do Cansei de Ser Sexy

    Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

  6. Marco Bucther, do Thee Butchers Orchestra, tocou músicas do novo disco da banda, What About Now?  Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

    Marco Bucther, do Thee Butchers' Orchestra, tocou músicas do novo disco da banda, What About Now?

    Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

  7. O baterista do Nitrominds, Edu, mostrou muita técnica, rapidez e violência em seu instrumento  Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

    O baterista do Nitrominds, Edu, mostrou muita técnica, rapidez e violência em seu instrumento

    Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

  8. O Nitrominds convocou a galera para cantar junto  Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

    O Nitrominds convocou a galera para cantar junto

    Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

  9. Mesmo com a chuva, o Borderlinerz agitou a galera  Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

    Mesmo com a chuva, o Borderlinerz agitou a galera

    Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

  10. Borderlinerz tocou canções de seu primeiro CD, ...Elvis  Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

    Borderlinerz tocou canções de seu primeiro CD, ...Elvis

    Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

  11. O vocalista do Daniel Beleza e os Corações em Fúria atiçou a galera  Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

    O vocalista do Daniel Beleza e os Corações em Fúria atiçou a galera

    Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

  12. De blusa de oncinha, o baterista do Daniel Beleza e os Corações em Fúria msotrou uma pegada pesada e rápida  Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

    De blusa de oncinha, o baterista do Daniel Beleza e os Corações em Fúria msotrou uma pegada pesada e rápida

    Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

  13. André, do Nitrominds, no melhor show do festival  Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

    André, do Nitrominds, no melhor show do festival

    Foto: Tathiana Anselmo/Divulgação

/foto/0,,00.html