inclusão de arquivo javascript

 
 

CBJR: Acústico como nunca, barulhento como sempre

07 de agosto de 2003 02h54 atualizado às 04h18

A banda santista que vai lançar um álbum acústico. Foto: Divulgação

A banda santista que vai lançar um álbum acústico
Foto: Divulgação

O Charlie Brown Jr. finalizou na noite dessa quarta as gravações do show acústico que vai se trasnformar em um CD, um DVD e um programa na MTV. O quarteto santista recebeu o produtor Tadeu Patola para completar o time de violões ao lado do guitarrista Marcão, além de convidados como Marcelo Nova e o grupo de rap R.Z.O..

As gravações ocorreram no estúdio do Espaço Locall na zona norte de São Paulo e foram realizadas na última terça e quarta. Juntando os dois dias, a produção da MTV e da gravadora da banda santista, Virgin/EMI, consumiu mais de 6 horas de show e mais de quinze faixas ensaiadas e alteradas para versão acústica.

Se a gravação de um show implica em diversas interrupções e repetições, pelo menos o talento de animador do vocalista Chorão parece vencer a monotonia que um gravação como essa pode render. Mesmo assim, é possível ter um boa noção do que o Charli Brown Jr. vai aprontar com o lançamento do Acústico MTV.

Vida longa ao hard core
Para um banda acostumada a barulho e muito agito, um projeto acústico parece ser algo realmente incoerente. Mas o Charlie Brown soube dar a sua cara rock and roll ao show desplugado. Enquanto toda a banda permanecia sentada no palco, o vocalista chorão quase nunca chegou perto de seu banco, preferindo sempre continuar pulando como faz nos shows convencionais.

Mas a energia que Chorão parecia buscar apenas da lembrança não era à toa. Mesmo com um som ambiente de baixa qualidade, já que todos os recursos são voltados para a gravação, era possível perceber que a banda eliminou as distorções das guitarras, mas não tirou um pingo do peso dos riffs de Marcão, nem da cozinha sustentada pelo baixista Champignon e pelo baterista Pelado.

Convidados do rock and rap
Que ninguém acuse o Charlie Brown Jr. de ser pouco aberto a outros ritmos. O palco da banmda foi aberto tanto a figurões do rock como Marcelo Nova, bem como os rappers do R.Z.O. e o vocalista do Planet Hemp, Marcelo D2. Ao lado do ex-vocalista do Camisa de Vênus, o CHarlie Brown Jr aprsentou um das versões mais rápidas e pesdas da faixa Atrasado.

Com o R.Z.O. no palco e ao lado do rapper Helião, a banda de Santos misturou violões à la Limp Bizkitt, com scratches tipicamente do Hip Hop, ao improviso das letras no melhor estilo free style, e tudo isso temperado com um beat box realizado pelo baixista Champignon. A versão demorou para conseguir sair ao gosto de Chorão, mas sem dúvida nenhuma será uma das boas surpresas do projeto.

Skatistas no altar
O cenário escolhido para abrigar o palco do Acústico MTV Charli Brown Jr. seguiu os exemplos de outras edições do programa e contou um exuberância e capricho. Imitando a nave de uma igreja mediaval, a banda tocava numa espécie de altar, cercado por fiéis membros do fã-clube oficial e por vitrais desenhados em forma de cartoon, destacadno as preferências do grupo: mulheres, praia e skate.

Nem a gravadora, nem a MTV divulgaram a data oficial de lançamento do programa e do álbum, mas a assessoria de imprensa da emissora afirmou que o disco deve chegar ao mercado em meados de outubro ou novembro quando o show deve estrear na grade de programação.

Redação Terra