0

Morre no Rio, aos 91 anos, Ademilde Fonseca, a "rainha do choro"

28 mar 2012
05h07
atualizado às 06h52

Morreu no final da noite dessa terça-feira (27), aos 91 anos, Ademilde Fonseca, considerada a rainha do choro. De acordo com a família, a cantora teve um mal súbito. O enterro será no cemitério São João Batista, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, mas o horário não foi divulgado, de acordo com informações da rádio CBN.

A artista nasceu no dia 4 de março de 1921 em São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte. Em 1942, quando lançou o álbum Tico-Tico no Fubá, inovou a música brasileira ao introduzir voz ao chorinho, um gênero até então predominantemente instrumental.

Entre suas canções mais famosas estão interpretações de Tico-Tico no Fubá, Brasileirinho, Pedacinhos do Céu e Apanhei-te um Cavaquinho. Além de cantar, Ademilde chegou a trabalhar da extinta TV Tupi.

Ademilde teve um mal súbito
Ademilde teve um mal súbito
Foto: Divulgação
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade