0

"Modinha", camisetas do Ramones são banalizadas no Rock in Rio

De todas as "fãs" consultadas pelo Terra, nenhuma sabia dizer um disco, ou sequer uma música da maior banda punk de todos os tempos

21 set 2013
18h07
atualizado em 22/9/2013 às 16h16
  • separator
  • comentários

Consagrada como a banda punk que por mais tempo ficou em atividade, e tida como símbolo de uma juventude inconformada, o Ramones hoje virou "modinha" entre o público feminino. Pelo menos entre as fãs que frequentam o Rock in Rio 2013. Desde o primeiro dia do maior festival de música do Brasil, foi cena mais do que comum observar mulheres com a camiseta do grupo formado em Nova York, em 1974.

Seja com a célebre frase " hey ho let's go" , ou com os nomes dos integrantes fundadores (Joey, Johnny, Deedee e Tommy), elas combinam a camiseta com unha preta, bota e óculos escuro para compor o visual. Faltaram apenas as jaquetas de couro - que no calor saárico da Cidade do Rock, convém mesmo evitar. Na questão conteúdo, porém, nenhuma das consultadas pela reportagem do Terra sabia dizer um álbum sequer da banda, ou mesmo uma única canção.

A prova cabal, pois, de que hoje, entre o público feminino, o Ramones é moda. Se o ideologia do movimento punk é lutar contra o sistema, sem saber muito bem o que fazer para consertá-lo, seu grande ícone hoje está banalizado nas camisetas de um festival de música que há tempos desbravou outros públicos, fincou sua vertente pop e está longe, com exceção dos dias de heavy metal, de atrair um público legitimamente rock and roll.

"Eu já escutava a banda antes de comprar essa camiseta", garantiu a estudante Annanda Girard, 19 anos, óculos escuros, batom vermelho, camiseta branca da banda, short e cinto de couro. Questionada pela reportagem sobre o seu álbum preferido dos Ramones, respondeu: "não sou fanática". Ao ser indagada, então, sobre uma canção predileta, confessou: "você me pegou".

A pedagoga Joana Ribeiro, 27, em visual bastante semelhante, deixou claro logo no primeiro instante que "não sei nada de Ramones". "Qual o problema de eu usar uma camiseta dos caras? Virou uma moda, unha preta, é pelo clima de show de rock", completou ela, que sequer sabia que o vocalista e grande líder do Ramones, Joey Ramone, morreu vítima de um linfoma em 2001, aos 49 anos. Tampouco que o grupo se dissolveu em 1996 e que tem na simplicidade dos famosos "três acordes" uma de suas grandes marcas.

A jornalista Erica Valerio, 28, após ser clicada pela reportagem, começou dizendo que "não era mega fã da banda, mas que gostava de usar a camiseta". Ao ser perguntada se saberia dizer, de bate pronto, três músicas da banda, saiu-se com um "claro que não", provando, definitivamente, que se existe, claro, um público feminino fã do Ramones, ele não está presente neste Rock in Rio.

<a data-cke-saved-href="http://musica.terra.com.br/infograficos/rock-in-rio-2013/" href="http://musica.terra.com.br/infograficos/rock-in-rio-2013/">Rock in Rio</a>
Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade