PUBLICIDADE

Midas? 12 coisas que Pharrell Williams fez virar ouro

Ele está em todas! Pharrell Williams é um dos nomes mais respeitados do pop - ou melhor, da música - dos últimos tempos. E parece que está longe de parar por aí...

18 nov 2014 - 16h23
(atualizado em 19/11/2014 às 12h03)
Compartilhar
Exibir comentários

Da bandinha da escola ao estrelato, Pharrell Williams foi passo a passo se tornando um dos maiores nomes da música da atualidade. O cara é praticamente onipresente, está em pelo menos um terço dos discos mais vendidos desde 2013 e tem sido convidado de honra em programas de TV, desfiles de moda e, é claro, projetos de parcerias.

Siga Terra Música no Twitter

Agora você se pergunta: “Mas quando foi a primeira vez que eu vi esse cara mesmo?”. Talvez no clipe de Beautiful, do Snoop Dogg, gravado em 2002 no Rio de Janeiro. É, era ele na parte mais "fofa" da música, o dono daquela vozinha fina do refrão que ficou na sua cabeça o ano inteiro...

Mas antes da parceria com o Snoop – a primeira de muitas –,  Pharrell fazia parte de um grupo chamado Neptunes, que produziu I’m A Slave 4 You, de Britney Spears, outra música chiclete de primeira.

O N.E.R.D. foi o próximo grupo formado por Pharrelll. Ali já ele já era visto como “líder”, apesar de não abrir mão da companhia de seu amigo de adolescência Chad Hugo, que também vinha do Neptunes. O trio ficou completo com Shay Haley e começou a ser convidado para colaborar com um grupo enorme de artistas, incluindo os exigentes Kanye West e Jay-Z.

O hit Hot In Here, do cantor Nelly, também teve a mão de Pharrell. E olha só: o dono do single ainda levou o Grammy de Melhor Performance de Hip Hop. Detalhe: nessa época, uma pesquisa mostrou que o Neptunes produzia 43% dos discos mais tocados no EUA. Tá bom ou quer mais?

boss

Em 2004, Pharrell ganhou seu primeiro Grammy de Melhor Produtor do Ano e ainda colocou sua assinatura em outro hit de Snoop Dogg, Drop It Like It’s Hot, considerado o maior single de hip hop da década pela Billboard. No mesmo ano, ele ainda fez Justin Timberlake faturar no Grammy o prêmio de Melhor Álbum Pop por Justified.

Pharrell Williams GIF

O ritmo entre 2008 e 2009 foi acelerado: Pharrell produziu músicas para o The Hives, Shakira, Madonna, Beyoncé, Jennifer Lopez e Maroon 5. Na sequência, ainda tirou da manga a trilha sonora de Meu Malvado Favorito.

E quem melhor do que ele para também dar uma força na nova fase de Miley Cyrus, que cortou o cabelo, vestiu seus maiôs cavados e encarnou o espírito vida loka em Bangerz? Pharrell esteve por trás do disco inteiro, o que explica muito o fato da ex-Hannah Montana ter conseguido fazer um trabalho bem melhor que seu anteriores. "De nada", ele diria.

O Daft Punk foi, sem dúvida, o maior sucesso de 2013. Não foi  à toa que a dupla francesa teve o disco Random Access Memories eleito o melhor do ano do Grammy em 2014. E lá estava Pharrell em duas faixas: Get Lucky e Lose Yourself To Dance, “coincidentemente” os dois singles do CD.

Robin Thicke foi outro felizardo. Blurred Lines não só impulsionou o as vendas do CD do cantor, como o levou ao estrelato com apenas um clipe. Já Pharrell se tornou a 12ª pessoa a ter dois hits nº 1 nas paradas musicais ao mesmo tempo. Opa, mas isso antes de Happy, a música que concorreu ao Oscar de Melhor Canção Original em 2014, que tem nada menos do que 800 versões diferentes na internet e fez a Meryl Streep dançar assim:

Pharrell Williams GIF

Com todo o sucesso, já estava demorando para que Pharrell fosse convidado para participar do The Voice. Neste ano, ele não só topou o convite, como tem comandado uma das edições mais interessantes da atração.

O lado fashionista de Pharrell também não passou despercebido nos últimos tempos. Depois de ser eleito um dos homens mais bem vestidos pela revista Esquire (ok, isso foi antes dele tirar do armário sua coleçao de chapéus) e passou a ser convidado de honra em desfiles de moda.

Hoje, ele assina uma coleção da Adidas e da grife Louis Vuittton, e tem sua própria fragrância, que leva o nome nome de seu disco, Girl, que foge do padrão “perfume barato de celebridade” e está à venda por R$ 337, enquanto os vidrinhos de Justin Bieber e afins não passam de R$ 70.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução/ Sephora

Agora que Pharrell está confirmado como um dos headliners do Lollapalooza 2015 no Brasil. Resta saber se ele também vai dar conta de fazer do festival um de seus trunfos.

Terra Música Terra Música agora com Napster

Ouça e baixe o melhor da música pop e desfrute de um acervo com mais de 17 milhões de canções. Assine o Terra Música agora com Napster e comece a curtir

!

Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade