0

Kesha faz pose de rock, mas monta balada no Rock in Rio

29 set 2011
22h11
atualizado em 30/9/2011 às 09h42
Osmar Portilho
Direto do Rio de Janeiro

Ela segura guitarra, cospe água, provoca a plateia e grita, grita demais. A pose é de roqueira, mas Kesha montou uma balada no quarto dia do Rock in Rio, nesta quinta-feira (29). Após a competente Janelle Monáe, a norte-americana assumiu o palco Mundo com seu visual robótico - um bom reflexo de sua música, já que nada parece orgânico ali.

Seguindo o setlist de sua turnê, abriu com We R Who We R, Take it Off e Fuck Him (He's a DJ). Meio "deslocada" no line up ao dividir o palco com Janelle e as próximas atrações Jamiroquai e Stevie Wonder, a cantora se salvou ao levar boa parte de seus fãs, que compareceram em peso com sua maquiagem colorida e roupas chamativas.

No palco, Kesha faz um show visual e não musical. Ela segura a guitarra, faz acordes, mas nada se ouve dali (oposto até de sua "concorrente" Katy Perry, cuja banda atua bastante ao vivo). Ela pega uma baqueta e bate forte no bumbo, mas quando para, o som continua, vindo das programações eletrônicas. Faz caras e caretas no palco, mas o que se ouve é somente o auto-tune (recurso eletrônico que corrige variações da voz em tempo real). Quando fala realmente ao microfone, sem filtros, o que se escuta são estridentes berros em busca de animação do público. "Rio, vim para fazer uma festa", disse.

O rigoroso - e robótico - setlist segue com Blow, Blah Blah Blah, Party at a Rich Dude's House, Backstabber, Cannibal, Animal, Your Love is My Drug, Dinosaur e claro, seu maior hit, Tik Tok. Kesha abusa dos efeitos visuais e cumpre sua missão de empolgar boa parte dos fãs, mesmo contando o line up diferente do seu gênero, mas estaria melhor escalada na tenda eletrônica. O símbolo da guitarra quebrada, um ato ligado ao rock n' roll e a rebeldia, nada tem de espontâneo. É cronometrado para acontecer no show, o gasto com o instrumento já está calculado no orçamento da cantora.

Rock in Rio 4
Considerado um dos maiores festivais do mundo, o Rock in Rio cresceu, deixou o Brasil, mas retorna ao País em 2011 em sua quarta edição.

A festa da música começou na sexta-feira (23) com nomes renomados da música pop. No Palco Mundo, cantam Claudia Leitte, Katy Perry, Elton John e Rihanna. No sábado (24), foi a vez do rock pop de NX Zero, Stone Sour, Capital Inicial, Snow Patrol e do Red Hot Chili Peppers que agitaram o público.

Fechando o primeiro fim de semana do Rock in Rio 4, muito metal e peso com Glória, Coheed and Cambria, Motörhead, Slipknot e Metallica, no domingo (25).

A segunda bateria de shows começa nesta quinta-feira (29), com clima dançante e muito soul de Janelle Monáe, Kesha, Jamiroquai e o veterano Stevie Wonder. O pop novamente é convocado na sexta-feira (30) ao som de Ivete Sangalo, Lenny Kravitz e Shakira.

No sábado (1º), o Maná, Maroon 5 e o Coldplay se revezam com os brasileiros do Skank e o cantor Frejat no palco mundo. A despedida do Rock in Rio 4 fica com Pitty, Evanescence, System of a Down e Guns N'Roses.

vc repórter
Vai curtir o Rock in Rio com a galera? Envie suas fotos e vídeos para o vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra, clicando aqui.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade