Especiais
Festival de Verão
Madonna

 Sites relacionados
Arquivo do Rock
FM O Dia
Dynamite
Nando Reis
Palco MP3
Território da Música


  Letras e cifras


 Notícias por e-mail
Receba as últimas notícias no seu e-mail
 Fale conosco
Mande suas críticas e sugestões. Participe!





Música
Quarta, 21 de setembro de 2005, 23h45  Atualizada às 09h48
Furacão Avril arrasa Porto Alegre
 
Danilo Fantinel
 
Terra
Avril Lavigne dá largada a maratona de shows no Brasil
Avril Lavigne dá largada a maratona de shows no Brasil
 Últimas de Música
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Um novo furacão passou pelo Sul do Brasil nesta noite. Avril Lavigne, a pequena roqueira canadense, levantou o público gaúcho do início ao fim de seu show, no ginásio Gigantinho, em Porto Alegre. Desfilando um hit após o outro, todos acompanhados pelo público, sem exceção, a garota mostrou que toca (cordas, piano, bateria), canta e contagia muito.

Veja as fotos!
Assista ao vídeo!

Em cima do palco, com microfone na mão, a jovem de 20 anos bota por terra qualquer possível idéia de quem desconfiava que o truque rolava solto em seus CDs. A apresentação é sincera e eletrizante.

O furor jovial de Avril começou com Sk8er Boy. Foi a deixa para a histeria geral. Vestindo jeans preto, cinto punk de tachinhas e camiseta do rock, a cantora corria para todos os lados do palco sem perder o fôlego. Cordial, mostrou-se feliz pelo seu primeiro show no Brasil. Em My Happy Ending, empunhou pela primeira vez seu violão e soltou ainda mais a voz. Cantando as agruras e a paixão adolescente, sempre entre a raiva e o amor, a canadense lembrava outra diva de jovens adultos, Alanis Morrissette, sua conterrânea.

A balada I'm with you causou delírio entre o público, na faixa entre os 14 e 20 anos. Gritos de alegria ecoaram aos primeiros acordes da canção. Together, com a moça ao piano, não foi diferente. No entanto, toda a animação da galera parecia não ser suficiente. Avril apresentava todas as músicas e, com carinho, pedia a todos que cantassem junto, se soubessem a letra. E todos sabiam, claro. Nessa linha, seguiram-se How does it feel, Take me away, Don't Tell me e Nobody's Home.

Os covers da noite fizeram tanto sucesso quanto suas músicas. All the Small Thigns, do Blink 182, levantou ainda mais a platéia. Song 2, do Blur, fez a temperatura subir ainda mais. Detalhe: a garota empunhou as baquetas da bateria para tocar o hino brit pop, reforçando sua imagem rebelde. Ela se saiu bem, mesmo que o andamento da música tenha que ter sido reduzido para comportar a força leve dos bracinhos finos de Avril.

Complicated, hit absoluto do álbum Let Go, encerrou a noite. O furacão Avril sem dúvida marcará os quase 11 mil corações adolescentes que lotaram a platéia como sendo o primeiro grande show de suas vidas.
 

Redação Terra
 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2010,Terra Networks Brasil S/A   Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central do Assinate | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade