Especiais
Festival de Verão
Madonna

 Sites relacionados
Arquivo do Rock
FM O Dia
Dynamite
Nando Reis
Palco MP3
Território da Música


  Letras e cifras


 Notícias por e-mail
Receba as últimas notícias no seu e-mail
 Fale conosco
Mande suas críticas e sugestões. Participe!





Música
Terça, 1 de março de 2005, 14h22  Atualizada às 17h42
Lenny Kravitz não pediu 40 gaúchas, diz assessoria
 
Reuters
Kravitz toca no dia 15 em Porto Alegre, 17 em São Paulo, 19 em Brasília e 21 no Rio de Janeiro
Kravitz toca no dia 15 em Porto Alegre, 17 em São Paulo, 19 em Brasília e 21 no Rio de Janeiro
 Últimas de Música
Busca
Busque outras notícias no Terra:
A assessoria que cuida da turnê de Lenny Kravitz pelo Brasil negou que o cantor tenha exigido 40 garotas gaúchas que conheçam bem Porto Alegre para acompanhá-lo na cidade.

Lenny Kravitz irá gravar dois clipes no Brasil

A informação, publicada nesta segunda-feira em um jornal carioca, foi negada "veementemente" pela assessoria. "Todas as exigências do cantor dizem respeito aos seus shows, equipamentos, transporte, segurança, hospedagem e alimentação para o cantor e sua equipe, e apenas isto", diz a nota distribuida para a imprensa. "Não há nada que se pareça com a história publicada pelo jornal. A única verdade é que o cantor evita o uso de ar condicionado nos ambientes que freqüenta, para evitar comprometer sua voz", esclareceu o empresário Rafael Reisman, responsável pela vinda do cantor ao País.

Entre os pedidos do cantor, em acordo fechado entre seus empresários e a produção da turnê brasileira, no final do ano passado, a maior parte diz respeito a qualidade de equipamentos de luz e som, tamanhos de palcos, segurança e acesso do público nos lugares onde se apresentará. Lenny também esclarece suas opções com relação aos seus camarins e os de sua equipe, pedindo pouco mobiliário, preferencialmente branco e uma sala armário com capacidade para 12 guarda-roupas duplos de grande porte.

Tanto em camarins quanto em quartos de hotéis ele pede toalhas brancas (lavadas, mas não novas), sabonete e xampu neutros, lenços de papel, copos de vidro e talheres de prata. A mais estranha das exigências do cantor diz respeito a 450 quilos de gelo em cubos para cada praça onde se apresenta. Nem mesmo com relação a bebidas há exigências exageradas, como é comum aos astros do rock: na lista de consumo do artista há poucas cervejas e vinhos, mas muita água mineral, leites de todos os tipos, chás, chocolates, cafés, refrigerantes, sucos de variados sabores e energéticos.

Lenny Kravitz também solicitou à produção que o deslocamento dele e de sua equipe no País seja feito de ônibus - ele evita andar de aviões. Para isso seis ônibus foram fretados, um especialmente para o cantor. Este deve ser vedado e com vidros escuros, uma sala de estar, banheiro, cozinha e um quarto com cama de casal. O artista também demonstrou preocupação com o meio ambiente, exigindo latas de lixo em todos os lugares por onde passar, coleta seletiva, luzes frias e torneiras com timmer, e pedindo que todo o material não usado por ele ou sua equipe, especialmente com relação a alimentação, fosse doado para instituições de caridade. Lenny, que fará um show gratuito na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, pediu ainda à produção que encontre uma maneira de incentivar a doação de alimentos não perecíveis durante o espetáculo.
 

Redação Terra
 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2010,Terra Networks Brasil S/A   Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central do Assinate | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade