Especiais
Festival de Verão
Madonna

 Sites relacionados
Arquivo do Rock
FM O Dia
Dynamite
Nando Reis
Palco MP3


  Letras e cifras


 Notícias por e-mail
Receba as últimas notícias no seu e-mail
 Fale conosco
Mande suas críticas e sugestões. Participe!





Música
Domingo, 18 de abril de 2010, 02h07  Atualizada às 19h36
Ícone do punk rock, Social Distortion faz alegria de 5 mil em SP
 
Otavio Sousa/Especial para Terra
Mike Ness se apresenta com o Social Distortion na Via Funchal
Mike Ness se apresenta com o Social Distortion na Via Funchal
 Últimas de Música
Busca
Busque outras notícias no Terra:

Liderado pelo lendário Mike Ness, o Social Distortion se apresentou na noite desse sábado (17) para uma plateia de cerca de 5 mil pessoas na Via Funchal, em São Paulo. Com mais de trinta anos de banda, o grupo montou um repertório que durou 1h30 e fez a alegria dos seguidores do quarteto, que puderam pular ao som de sucessos como Prison Bound, Bad Luck, Mommy¿s Little Monster, Ball and Chain e Ring of Fire, canção famosa na voz de Johnny Cash.

» vc repórter: mande notícias
» Ouça músicas no Sonora
» Confira letras

Com cerca de 20 minutos de atraso, a banda subiu ao palco com uma combinação explosiva de sucessos relendo toda a carreira do grupo. Bye Bye Baby e Don't Drag Me Down logo foram cantadas em coro pelo público. "E aí, galera", arriscou-se Mike Ness em português.

Dali em diante, o Social Distortion partiu em uma viagem pelos seus álbuns, tocando canções de diversas épocas da carreira.

Canções como Reach for the Sky (Sex, Love and Rock n Roll 1996), Another State of Mind (Mommys Little Monster 1983), Prison Bound (Prison Bound 1988) e Sick Boys (Social Distortion 1990) foram a prova final para o grupo se convencer da existência de seguidores fiéis da banda no Brasil.

Por sua vez, Mike Ness retribuiu soltando sua voz rouca, tocando guitarra na beirada do palco e convidando fãs para dividir ao palco. O último deles, um garoto de 11 anos, cumprimentou o vocalista. "Nós somos a antiga escola e eles são a nova", disse o roqueiro, antes de tocar Sometimes I Do.

Com uma releitura dos mais de trinta anos de banda, o setlist dos americanos permitiu fãs enlouquecidos se abraçando, pulando, fazendo air guitars e alguns banhos de cerveja dos mais empolgados.

Visivelmente contente com a resposta positiva do público, Mike Ness se desculpou por não dominar o português, adiantou que a banda lança um novo álbum em setembro e prometeu um retorno em breve ao País. "Nos vemos no ano que vem", gritou o vocalista ao deixar ao palco após o fim de Ring of Fire, famosa na voz de Johnny Cash.

Alfinetada no Rio
É fato que a temática urbana do punk rock do Social Distortion combina mais com São Paulo do que com as belas praias do Rio de Janeiro, mas uma frase de Mike Ness durante o show arrancou risos dos fãs presentes.

Após cerca de 20 minutos do início da apresentação, o vocalista comemorou a estadia na capital paulista. "É legal estar no Rio. Mas São Paulo é a cidade, sabem?", comentou o líder do Social Distortion, que tocou na cidade maravilhosa na sexta-feira.
 

Redação Terra
 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2012,Terra Networks Brasil S/A   Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central do Assinate | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade