Especiais
Festival de Verão
Madonna

 Sites relacionados
Arquivo do Rock
FM O Dia
Dynamite
Nando Reis
Palco MP3
Território da Música


  Letras e cifras


 Notícias por e-mail
Receba as últimas notícias no seu e-mail
 Fale conosco
Mande suas críticas e sugestões. Participe!





Música
Domingo, 6 de dezembro de 2009, 16h18  Atualizada às 22h47
Tarde musical homenageia o Lira Paulistana
 
Terra
Apresentação do Língua de Trapo, que fez parte da programação de cinco shows na praça Benedito Calixto, que comemorou 30 anos do teatro Lira ...
Apresentação do Língua de Trapo, que fez parte da programação de cinco shows na praça Benedito Calixto, que comemorou 30 anos do teatro Lira Paulistana
 Últimas de Música
Busca
Busque outras notícias no Terra:

Mais um show comemorando os 30 anos do teatro Lira Paulistana aconteceu neste domingo (6), na Praça Benedito Calixto, bairro paulistano de Pinheiros. Programado para iniciar às 13h, o show atrasou cerca de uma hora. O músico Passoca, a primeira atração do dia, entrou no palco por volta das 14h.

» Leia mais notícias sobre os 30 Anos do Lira Paulistana
» Ouça músicas
» Confira letras

No início o público era tímido - talvez assustado com as nuvens do domingão nublado. Mas, aos poucos, os fãs - com seus cabelos grisalhos e filhos de várias gerações a tiracolo - foram se aproximando do palco, montado na parte da praça mais próxima da Teodoro Sampaio, quase em frente ao número 1092 da rua - onde funcionou o teatro Lira Paulistana de 1979 a 1986.

Após a apresentação de Passoca, subiu ao palco a banda Língua de Trapo, com seu "samba-rock-caipira-milongueiro" e escrachado. Com o ar da graça do sol, o show correu animado e até a reclamação do vocalista do Língua, Laert, por causa da microfonia que insistia em azucrinar os músicos, não teve maiores consequências. As pessoas ali só queriam curtir e relembrar os velhos, bons e fervidos anos 80.

Seguindo a programação, tocaram Isca de Polícia - a banda que acompanhou o músico Itamar Assumpção (morto em 2003) - com Anelise Assumpção, Premê - que levantou a galera com Fim de Semana e Pinga com Limão, entre outros clássicos de seu repertório - e Arrigo Barnabé. A tarde nostálgica entrou pela noite e a praça ficou em festa por mais de sete horas.

A importância cultural do Lira Paulistana continua a ser relembrada em shows todos os dias até domingo (13), na Sala Guiomar Novaes/Funarte SP, no bairro dos Campos Elíseos, em São Paulo (SP).

Onde e como tudo começou
Fundado em 1979, na rua Teodoro Sampaio, próximo à praça Benedito Calixto, o Lira Paulistana marcou a história cultural de São Paulo e de toda uma geração, ávida por novas manifestações artísticas.

O Brasil ensaiava uma abertura política após quase 20 anos de ditadura militar e a região de Pinheiros e Vila Madalena, na Zona Oeste de São Paulo, era o ponto de encontro da juventude que frequentava os cursos da Universidade de São Paulo e da PUC-SP, que ansiava por mudanças em todos os sentidos, inclusive no cenário cultural.

O teatro tornou-se, então, o espaço que faltava para músicos independentes, em início de carreira, mostrarem seus trabalhos. Pelo endereço da rua Teodoro Sampaio, 1092, passaram bandas e artistas como Premê, Língua de Trapo, Rumo, Ira! e Itamar Assumpção, assíduo frequentador do lugar com sua fiel banda Isca de Polícia, entre outros expoentes do movimento musical alternativo.

Além de shows, o Lira - que tinha na figura de Wilson Souto Junior, o Gordo, um mentor artístico - recebeu peças teatrais, exibição de filmes e debates culturais.

Em 1986, o teatro fechou as portas, mas deixou uma herança cultural à cidade de São Paulo inestimável: cerca de 17 discos lançados pelo selo fonográfico Lira Paulistana (alguns em parceria com a gravadora Continental) e os fundamentos de um movimento musical que até hoje é reverenciado por músicos do mainstream.
 

Redação Terra
 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2010,Terra Networks Brasil S/A   Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central do Assinate | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade