Especiais
Festival de Verão
Madonna

 Sites relacionados
Arquivo do Rock
FM O Dia
Dynamite
Nando Reis
Palco MP3
Território da Música


  Letras e cifras


 Notícias por e-mail
Receba as últimas notícias no seu e-mail
 Fale conosco
Mande suas críticas e sugestões. Participe!





Música
Segunda, 18 de maio de 2009, 12h20 
Cantora Elza Soares chora ao gravar CD de jazz
 
Mauro Ferreira
 
Divulgação
Elza Soares se emociona ao regravar clássico do jazz
Elza Soares se emociona ao regravar clássico do jazz
 Últimas de Música
Busca
Busque outras notícias no Terra:

Elza Soares caiu no choro no estúdio de Santa Teresa onde grava, pela primeira vez, um disco de jazz. A choradeira aconteceu durante a gravação da faixa Strange Fruit, música eternizada na voz da cantora de jazz Billie Holiday (1915 - 1959).

» Leia notícias do jornal O Dia
» Confira letras de Elza Soares
» Ouça Elza Soares no Sonora

A letra - um poema escrito em 1936 por Abel Meeropol - toca na ferida ainda aberta do racismo. "Eu sou a 'strange fruit", diz Elza, se referindo ao título do poema ('Fruta Estranha' em português).

Dueto com Ed Motta
Ao lado de músicos fluentes na língua do jazz (como o baixista Jorge Helder, o trompetista Jessé Sadoc e o pianista Leandro Braga), Elza prepara um disco de alcance internacional.

"Estou numa euforia louca. Este trabalho é muito sério", vibra, cantora que tem um sax na garganta, como bem observou nos anos 60 o cantor e trompetista norte-americano Louis Armstrong (1901 - 1971), um dos nomes fundamentais da história do jazz.

Elza avisa que vai pôr esse sax para tocar numa das faixas do CD. Ela também pretende convidar Ed Motta para dueto numa das músicas do disco, produzido por Bruno Lucide e Geraldo Rocha. Se depender da vontade da cantora, o dueto vai acontecer em All the Way, um dos clássicos do repertório do cantor Frank Sinatra (1915 - 1998).

Outras músicas certas no repertório do álbum são Summertime ¿ peça composta em 1935 por George Gershwin (1898 - 1937) para a ópera Porgy and Bess ¿ e Imagination, tema associado ao trompetista Chet Baker (1929 - 1988). Elza também vai pôr voz em Cry me a River, a balada editada por Arthur Hamilton, em 1953.

Entusiasmada com o CD, Elza tem a intenção de chamar um cantor negro americano para participar do disco. A artista também sonha concluir em Nova York este trabalho atípico em sua carreira.
 

O Dia

© Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.

 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2010,Terra Networks Brasil S/A   Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central do Assinate | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade