Especiais
Festival de Verão
Madonna

 Sites relacionados
Arquivo do Rock
FM O Dia
Dynamite
Nando Reis
Palco MP3


  Letras e cifras


 Notícias por e-mail
Receba as últimas notícias no seu e-mail
 Fale conosco
Mande suas críticas e sugestões. Participe!





Música
Quarta, 1 de abril de 2009, 21h04 
Morte de Marvin Gaye completa 25 anos
 
Getty Images
Morte do músico Marvin Gaye completa 25 anos nesta quarta
Morte do músico Marvin Gaye completa 25 anos nesta quarta
 Últimas de Música
Busca
Busque outras notícias no Terra:

A morte do cantor Marvin Gaye completa 25 anos nesta quarta-feira. No dia 1º de abril de 1984, o astro, referência da música soul, foi assassinado com um tiro pelo próprio pai, Marvin Gay, que era reverendo de uma igreja conservadora dos Estados Unidos. Se estivesse vivo, Gaye faria 70 anos nessa quinta-feira.

Marvin Gaye nasceu em Washington, nos Estados Unidos, no dia 2 de abril de 1939. O cantor tinha duas irmãs e um irmão mais novo. O pai era ministro de uma igreja chamada House of God (que significa Casa de Deus, em tradução livre).

A carreira musical de Gaye começou aos três anos na própria igreja - trajetória semelhante ao início da vida artística de outros músicos negros. Lá ele teve aulas de piano e bateria. Fundamental para a evolução da música soul, o cantor enveredou para temas inusitados para a música daquele período, sobretudo contestando questões políticas.

Quando concluiu o ensino médio, Gaye se alistou nas Forças Armadas dos Estados Unidos, mas logo foi dispensado e voltou para sua cidade natal. Em Washington, integrou por acaso a banda The Rainbows, onde teve como parceiro o guitarrista Bo Diddley.

Em 1958, Gaye se torna integrante da banda The Moonglows e, em uma apresentação em Detroit, desperta o interesse de Berry Gordy Jr., fundador da gravadora Motown. Em 1961, o empresário o contrata e a partir desse ponto a carreira de Gaye efetivamente decola.

O músico se torna baterista de estúdio na gravadora e toca com grupos como The Miracles, The Contours, Martha and The Vandellas e Stevie Wonder. O primeiro disco solo de Gaye foi Soulful Moods, gravado em 1961.

Como artista solo, se destacou com os hits Ain't That Peculiar, I'll Be Doggone e How Sweet It Is (To Be Loved by You) em 1965.

Dois anos depois, outro álbum de sucesso. United, gravado ao lado Tammi Terrell, caiu no gosto do povo americano e resultou em um sucesso repentino. Mas em 1970, um tumor no cérebro de Terrell colocaria um ponto final na parceria de sucesso e levaria Gaye a uma intensa depressão.

Inconsolado, Gaye se motivou com as discussões políticas que envolviam os Estados Unidos e mergulhou no novo projeto que seria lançado em 1971: What's Going On, álbum de maior relevância na carreira do cantor. O disco foi um divisor de águas na Black Music.

Outros dois discos ainda seriam lançados por Gaye - Let's Get It On, em 1973, e Midnight Love, em 1982. Ambos tiveram sucesso, e o último ainda rendeu dois prêmios Grammy ao cantor.
 

Redação Terra
 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2012,Terra Networks Brasil S/A   Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central do Assinate | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade