Especiais
Festival de Verão
Madonna

 Sites relacionados
Arquivo do Rock
FM O Dia
Dynamite
Nando Reis
Palco MP3


  Letras e cifras


 Notícias por e-mail
Receba as últimas notícias no seu e-mail
 Fale conosco
Mande suas críticas e sugestões. Participe!





Música
Quarta, 25 de março de 2009, 18h32  Atualizada às 14h05
"Ajudamos a definir os anos 80", diz membro do A-Ha
 
Osmar Portilho
 
Getty Images
Noruegueses do A-Ha ajudaram a formatar o pop dos anos 80
Noruegueses do A-Ha ajudaram a formatar o pop dos anos 80
 Últimas de Música
Busca
Busque outras notícias no Terra:

Longe do eixo pop EUA-Reino Unido, o A-Ha surgiu na Noruega em 1982 e foi um dos responsáveis por moldar a música nos anos 80, com teclados, sintetizadores e muitos agudos vocais.

» Assista ao vídeo
» Ouça os hits do A-Ha no Sonora
» Veja as letras da banda

Hoje, com todos os integrantes com seus quarenta e poucos anos, o A-Ha volta ao Brasil para mostrar seus principais sucessos, como Take On Me, Hunting High and Low, Touchy! e Crying In The Rain.

Em entrevista ao Terra, Magne Furuholmen e Paul Waaktaar-Savoy falaram sobre a vinda do grupo ao País e a cena da música atual, que vem se baseando muito em nomes dos anos 80. "Nós ajudamos a definitr os anos 80. Sendo assim, somos tão responsáveis como as outras bandas", diz Magne.

Esta não é a primeira vez do A-Ha no Brasil, o que esperam dos shows?
Magne - Esperamos que as pessoas compareçam. Isso é obrigatório para nós chamarmos de um show. Falando sério, estamos muito empolgados em voltar com um show novo e mais eletrônico desta vez. Menos guitarras e coisas orgânicas. Uma coisa mais consistente com os álbuns.

E o que os fãs devem esperar do A-Ha?
Magne - O mesmo, mas diferente. Acho que as pessoas vão aos shows para ouvir músicas que elas já conhecem e gostam - e não para descobrir coisas novas. Dito isso, vamos tocar algumas novas, só para sermos idiotas.
Paul - Eles vão ouvir músicas de toda a nossa carreira.

Com tantas canções desde os anos 80, é difícil preparer um setlist? Tem alguma música que fica de fora contra a vontade de vocês?
Paul - Sempre é uma mistura do que você acha que o publico quer ouvir com o que você acha que o publico deve ouvir.
Magne - É sempre um problema. Estamos pensando em fazer turnês tocando um álbum inteiro por vez para tocar ao vivo tudo o que queremos de uma vez por todas.

A-Ha se consagrou como um dos mairoes nomes dos anos 80 e muitas bandas se influenciaram no trabalho de vocês. Vocês sentem alguma responsabilidade por essa geração?
Paul - É ótimo ser lembrado como referência desta forma.
Magne - Nós ajudamos a definitr os anos 80. Sendo assim, somos tão responsáveis como as outras bandas. É muito bom que outros grupos citem o A-Ha como influência.

O que pensam da música hoje em dia? Vocês têm ouvido coisas novas?
Paul - Tenho um amigo em Nova York que lançará um bom álbum em breve. O nome dele é Sondre Lerche.
Magne - É uma época muito empolgante com muitas coisas novas acontecendo. Mas, como em qualquer era, as verdadeiras joías estão escondidas do público em geral.

Qual é o segredo para manter a longevidade da banda?
Magne - Sucesso e o medo de falhar.
 

Redação Terra
 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2012,Terra Networks Brasil S/A   Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central do Assinate | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade