Especiais
Festival de Verão
Madonna

 Sites relacionados
Arquivo do Rock
FM O Dia
Dynamite
Nando Reis
Palco MP3
Território da Música


  Letras e cifras


 Notícias por e-mail
Receba as últimas notícias no seu e-mail
 Fale conosco
Mande suas críticas e sugestões. Participe!





Música
Sexta, 6 de março de 2009, 08h29 
'Você Não Vale Nada' é o maior sucesso de novela
 
 Últimas de Música
Busca
Busque outras notícias no Terra:

Você não vale nada mas eu gosto de você! Toda vez que Norminha (Dira Paes) aparece em Caminho das Índias, o forró cantado pela banda Calcinha Preta marca os olhares e o requebrado da fogosa mulher do guarda Abel (Anderson Muller). Nem a exótica abertura da novela de Glória Perez faz tanto sucesso com o público.

O diretor musical Mariozinho Rocha conta que a música foi a mais citada no primeiro grupo de discussão sobre a novela, realizado pela Globo em São Paulo. "É um sucesso entre as mulheres. O Abel é um 'manso', no fundo sabe que Norminha é cachorra".

A música foi incluída na novela por sugestão da autora. "Glória me mostrou dizendo que era a cara da personagem", lembra Mariozinho, responsável pela trilha sonora da novela. "A Norminha vai bombar, o povo gosta, dá um refresco naquela coisa de Índia", acredita. A atriz Dira Paes aprova. "É bem popular, tem picardia. A música é uma declaração de amor: gosto de você do jeito que você é". O sucesso de Norminha também tem a ver com um certo fetiche. "Homem gosta dessa coisa de mulher independente, que parte pra cima", diz.

Composta por Dorgival Dantas, Você Não Vale Nad fez parte da trilha do filme Chega de Saudade, de Laís Bodanzky. "Ela tem uns cinco anos, fiz de improviso, no acordeon. Quando a gente fica junto, briga. Mas, quando se separa, sente saudade. O povo gosta de sofrer um pouquinho", brinca o autor.

Gravado por Alexandre Pires e campeão do Carnaval baiano em 2005 com a música 'Coração', Dorgival comemora o sucesso do forró, mas lamenta a falta de espaço. "Meu sonho é ser entrevistado pelo Jô Soares. Você viu 2 Filhos de Francisco? Minha vida daria um filme melhor", disse.

Bell Oliver, vocalista da banda Calcinha Preta, não acreditava no sucesso. "A música já é muito batida no Nordeste. Mas, com a força da novela, tornou-se o carro-chefe do nosso vigésimo disco", diz o cantor. A constatação veio nos 34 shows feitos em apenas 17 dias, em São Paulo. "Bastava eu puxar que todo mundo cantava", recorda Bell, à frente da banda há apenas seis meses. Formado em Administração, o alagoano de 29 anos faz coro. "Não tem jeito, o cara prefere aceitar que é traído, mas não perde o grande amor."
 

O Dia

© Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.

 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2010,Terra Networks Brasil S/A   Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central do Assinate | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade