Especiais
Festival de Verão
Madonna

 Sites relacionados
Arquivo do Rock
FM O Dia
Dynamite
Nando Reis
Palco MP3


  Letras e cifras


 Notícias por e-mail
Receba as últimas notícias no seu e-mail
 Fale conosco
Mande suas críticas e sugestões. Participe!





Música
Quarta, 28 de janeiro de 2004, 17h50 
Trilha de "Encontros e Desencontros" é rock'n roll
 
Marcelo Costa
 
Reprodução/Divulgação
Detalhe da capa do CD da trilha de  Encontros e Desencontros
Detalhe da capa do CD da trilha de Encontros e Desencontros
Multimídia
Áudio e vídeo
» Veja trailer de Encontros e Desencontros
Saiba mais
» Encontros e Desencontros leva Globo de Ouro
» Sofia Coppola é consagrada no Globo de Ouro
» Coppolas podem levar sua terceira geração de Oscar
» Japão é visto com humor em filme de Sofia Coppola
 Últimas de Música
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Além de ter ganho o Globo de Ouro na categoria "Melhor Filme Musical/Comédia" e receber quatro indicações para o Oscar, o filme de Encontros e Desencontros, de Sofia Coppola, também se destaca pela ótima trilha sonora.

Desde o início do projeto, o nome certo para desenvolver a parte musical do filme era Kevin Shields, líder do My Bloody Valentine, membro honorário do Primal Scream e nome influente na cena indie rock da virada dos anos 80 para os 90.

Para a trilha, Shields compôs cinco temas inéditos e resgatou uma pérola do último disco de estúdio do Valentine, Loveless de 1991. Desde então, a banda hiberna com muitos boatos de novas gravações surgindo de tempos em tempos.

Além do My Bloody Valentine, a trilha traz Death in Vegas (Girls do álbum Scorpion Rising de 2003), Air (Alone in Kyoto, do recém-lançado Talkie Walkie) e um clássico dos anos 80, Just Like Honey do Jesus and Mary Chain, embalando uma das cenas mais bonitas do filme.

Um dos destaques do CD, porém, é uma canção de Brian Ferry, cantada de modo totalmente desafinado, e que vem escondida no fim da trilha. É More Than This na voz do personagem de Bill Murray. No filme, a música encerra um belíssimo trecho de karaoke, em que Scarlet Johansson ataca de Brass in Pocket dos Pretenders e Murray desafina (What's So Funny 'Bout) Peace, Love and Understanding de Elvis Costello, uma canção que praticamente resume o espírito de Encontros e Desencontros.

O CD saiu em setembro de 2003 nos EUA, lançado pela gravadora Emperor Norton, e não está previsto para sair no Brasil, por enquanto.

Passado rock'n roll e inspiração
A trilha de filme anterior de Sofia Coppola, Virgens Suicidas, foi toda composta pelo Air. O livro que inspirou este primeiro filme foi dado a Coppola por Kim Gordon, vocalista/guitarrista do Sonic Youth. A filha de Francis Ford também já filmou com os Beastie Boys e com o White Stripes.

Em dezembro, Sofia se divorciou de Spike Jonze, diretor que trabalhou com Flaming Lips e Fatboy Slim, entre outros. A solicitação de divórcio estimulou os rumores de que Encontros e Desencontros teria se inspirado na vida do casal. No filme, uma jovem recém-casada vive o desencanto de seu casamento perdida no marasmo de Tóquio.

Jonze foi fotógrafo como o personagem do filme e teria se envolvido com Cameron Díaz durante a filmagem de Quero Ser John Malkovich, um relacionamento idêntico ao retratado na produção de Coppola.


 

Redação Terra
 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2012,Terra Networks Brasil S/A   Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central do Assinate | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade