Especiais
Festival de Verão
Madonna

 Sites relacionados
Arquivo do Rock
FM O Dia
Dynamite
Nando Reis
Palco MP3
Território da Música


  Letras e cifras


 Notícias por e-mail
Receba as últimas notícias no seu e-mail
 Fale conosco
Mande suas críticas e sugestões. Participe!





Música
Quarta, 23 de maio de 2007, 16h06  Atualizada às 22h50
KLB lança "homenagem" a roqueiros brasileiros
 
James Cimino
 
Divulgação
A banda KLB grava sucessos de roqueiros brasileiros
A banda KLB grava sucessos de roqueiros brasileiros
 Últimas de Música
Busca
Busque outras notícias no Terra:
A banda pop-rock-romântica KLB (conforme definição de seus próprios integrantes) acaba de lançar seu novo álbum: KLB Bandas. Segundo Kiko, Leandro e Bruno o disco é uma homenagem às bandas que aprenderam a gostar na infância ou, como diz o subtítulo do trabalho, é dedicado "aos garotos que, como nós, amam os Beatles e os Rolling Stones".

» Veja a foto ampliada!
» Kiko, do KLB, critica jurados do 'Ídolos'
» Veja o vídeo do KLB falando sobre o novo disco
» Assine Sonora e ouça todas as músicas na íntegra
» Veja mais letras de música
» Aprenda a tocar os hits

Trata-se de uma coletânea de regravações de clássicos do rock brasileiro. Inclua-se aí Jovem Guarda, Barão Vermelho, Mutantes, Ultraje a Rigor, RPM e Secos & Molhados, entre outros.

"Muitos desses artistas nos conheceram ainda pequenos. Como nosso pai era da Jovem Guarda, eles freqüentavam a nossa casa", conta Kiko, que é quem mais fala em nome do grupo.

Ele conta, ainda, que a idéia inicial era fazer um disco no estilo "KLB canta Beatles" ou "KLB canta Bee Gees", bandas que são, segundo os rapazes, suas principais influências. Além disso, Kiko diz que, com esse novo trabalho, "fica mais claro" que eles são "uma banda de verdade".

Indagado se a opção por sucessos consagrados não era um caminho confortável demais para uma banda que pretende ser reconhecida como tal, o rapaz ameniza: "É um trabalho que pode juntar gerações diferentes. Acho importante os jovens saberem, pelo menos em parte, o que foi a Jovem Guarda. Queremos que, apesar de as músicas serem muito conhecidas, as pessoas possam descobrir coisas novas. É o KLB interpretando em gravações que têm tudo de diferente das originais."

O primeiro single do disco é Todo Azul do Mar, gravado originalmente pelo 14 Bis, que já está entre as cinco mais tocadas nas rádios mais populares do País.

Aliás, o rótulo de popular é algo que o KLB não recusa. "Somos populares, tocamos em ritmo de rock e falamos de amor."

Apesar da clareza da definição, no entanto, Kiko reconhece que a música brasileira passa por uma crise de identidade. "MPB, por exemplo, virou estilo. Sertanejo há muito tempo não é sertanejo. Eu mesmo não sei definir o estilo de muita gente, mas acredito que a música brasileira ainda seja uma das mais complexas e variadas do mundo."

É importante ressaltar que quem fez a pré-seleção das músicas que entrariam no CD foram os executivos da Universal, gravadora da banda.

Também foi engraçado ouvir o próprio Kiko se lembrar apenas do nome original do clássico do Creedence Have You Ever Seen the Rain, que já foi gravada pelo grupo The Fevers e que está na track list do disco com o nome de Não Devo Mais Ficar.
 

Redação Terra
 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2010,Terra Networks Brasil S/A   Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central do Assinate | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade