Música

publicidade
17 de maio de 2012 • 13h39 • atualizado às 17h29

Família lamenta a morte da cantora Donna Summer

A cantora tentava manter a doença em segredo
Foto: Getty Images

A família de Donna Summer divulgou um comunicado nesta quinta-feira (17) confirmando a morte da cantora aos 63 anos e lamentando a sua perda. "Esta manhã, perdemos Donna Summer Sudano, uma mulher cheia de talento, sendo que o maior deles era a sua fé", escreveu a família. A morte de Donna, em decorrência de um câncer de pulmão, havia sido anunciada minutos antes pelo site TMZ.

Víideo: Assista ao especial de Donna Summer no Sundaytv

"Enquanto lamentamos a sua morte, estamos em paz celebrando a sua extraordinária vida e seu legado permanente. Palavras realmente não podem expressar o quanto nós apreciamos suas orações e seu amor para a nossa família neste momento difícil", completou a nota.

Donna ganhou cinco vezes o Grammy ao longo da carreira e fez muito sucesso nos anos 70 com hits como Last Dance, Hot Stuff e Bad Girls. Nos anos 80, continuou nas paradas, com músicas como She Works Hard for the Money e This Time I Know It's for Real.

A cantora e o produtor Giorgio Moroder definiram a dance music nos anos 70 e foram responsáveis pela entrada de artistas como Duran Duran e David Bowie no gênero. Com quase 40 anos de carreira, ela vendeu mais de 130 milhões de discos e influenciou muitos artistas que vieram depois, de Madonna e Whitney Houston, passando por Janet Jackson.

Antes da fama, Donna cantou no coral de uma igreja em Dorchester, Massachusetts, onde nasceu. Nos anos 70, começou a carreira como backing vocal do trio Three Dog Night. Seu primeiro álbum solo foi lançado em 1974 e, depois dele, ela lançou um disco por ano até 1984, incluindo os aclamados Bad Girls, I'm A Rainbow e She Works Hard For Money.

Ao longo da carreira, lançou um total de 17 álbuns de estúdio, sendo o mais recente de 2008, Crayons, que ela promoveu com uma turnê mundial.

Donna se casou com o vocalista do Brooklyn Dreams, Bruce Sudano, nos anos 80 e teve duas filhas com ele, Amanda e Brooklyn. A cantora tinha quatro netos.

AFP