Música

publicidade
06 de maio de 2013 • 11h25 • atualizado em 01 de Dezembro de 2013 às 17h21

Ex-guitarrista da cantora Pitty é encontrado morto em Salvador

 

O guitarrista Peu Sousa, 35 anos, ex-integrante da banda da cantora Pitty, foi encontrado morto no domingo (5) em seu apartamento, no condomínio Colina da Fonte, no bairro de Itapuã, em Salvador, na Bahia.

A polícia foi chamada ao local por volta das 23h e trabalha com a hipótese de suicídio, mais precisamente de enforcamento com uso de um cinto de couro. No entanto, só será oficialmente confirmada a causa da morte após a autópsia do corpo.

Em depoimento, a mulher do guitarrista, Monique Ferrari, disse que teve uma discussão com o marido e saiu de casa com os dois filhos. Quando retornou, Peu já estava morto. O enterro será realizado a partir das 11h desta terça-feira (7), no cemitério Bosque da Paz, em Salvador. O velório ocorre ainda nesta segunda (6).

Filho adotivo do cantor Galvão, integrante do Novos Baianos, Peu havia tocado também nas bandas Dois Sapos e Meio e Nove Mil Anjos, ao lado de Champignon (baixista do Charlie Brown Jr. e atual vocalista de A Banca) e Junior Lima (irmão da cantora Sandy). 

Peu é autor dos sucessos Equalize e Déjà Vu, canções que fizeram parte do primeiro álbum de Pitty, Admirável Chip Novo, de 2003.

Terra