Música

publicidade
22 de novembro de 2011 • 11h38 • atualizado às 12h36

Clipe 'We Found Love' de Rihanna é proibido na França

O novo videoclipe da cantora Rihanna, para a música

We Found Love

, teve sua exibição proibida na França. O filme - que detalha uma relação destrutiva entre um casal, interpretado pela cantora de Barbados e o modelo Dudley O'Shaughnessy - só pode ser transmitido após as dez horas da noite, porque as cenas de amor foram consideradas muito "sugestivas" para serem assistidas antes do horário estipulado.

O vídeo também criou polêmica por fazer alusão à relação abusiva que Rihanna teve com seu ex-namorado Chris Brown - que se declarou culpado por atacá-la em 2009 -, mostrando a estrela de 23 anos e Dudley como amigos, brigando e em momentos de intimidade.

As filmagens do polêmico vídeo também irritaram um agricultor em Belfast, Irlanda do Norte, no início do ano. Alan Graham, dono da localidade onde foram gravadas as cenas, expulsou Rihanna e sua equipe de filmagem após ele se irritar com os trajes da cantora.

Cristão devoto, Alan Graham disse na época: "Se alguém alugar minha fazenda e as coisas tornarem inadequadas, então eu digo 'Chega!'. Não desejo nenhum mal contra a Rihanna e seus amigos. Talvez eles pudessem se familiarizar com Deus."

No entanto, Rihanna ficou orgulhosa do clipe e tuitou recentemente: "nós nunca fizemos um vídeo como este antes. Este é provavelmente um dos mais profundos vídeos que eu já fiz. É tudo sobre amor, o amor sendo como uma droga. Você definitivamente consegue ver isso. Os bons sentimentos e os perigos. Isso é o que passamos neste vídeo."

BANG

Especial para Terra