0

Adele diz que estava "pronta para matar" ao gravar '21'

31 mar 2012
16h21

Adele contou em sua biografia que estava "pronta para matar" quando estava gravando o super sucesso 21 . As informações são do site Gigwise .

Infográfico: » Confira 10 fatores que fizeram de Adele um fenômeno da música atual

No livro escrito por Caroline Sanderson, a cantora disse que estava furiosa depois de ter terminado com o namorado. O fim do relacionamento serviu de inspiração para a maioria das faixas do disco, principalmente Rolling in The Deep e Someone Like You .

Entretando, Adele creditou o produtor Paul Epworth por ajudá-la a transformar sua ira em hits. "Eu nunca fico irritada, mas estava pronta para matar (alguém). Eu cheguei chorando e disse: 'vamos escrever uma balada'. E ele falou: 'absolutamente não! Vamos escrever uma música feroz'", contou a cantora ao jornal The Independent .

Ela ainda continuou: "Quando fico brava consigo sentir meu sangue correndo pelo meu corpo. E eu dizia 'sinta a batida do meu coração, Paul'. E a batida da música era a do meu coração, isso foi crescendo e crescendo".

Adele creditou a ajuda do produtor Paul Epworth ao ajudá-la a transformar sua ira em hits
Adele creditou a ajuda do produtor Paul Epworth ao ajudá-la a transformar sua ira em hits
Foto: Reuters
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade