2 eventos ao vivo

"A cada apresentação, você quer mais", conta a DJ Eli Iwasa

9 jan 2013
07h12
atualizado em 21/1/2013 às 17h10

A DJ Eli Iwasa é uma das 10 atrações do programa Vida de DJ, que irá mostrar um pouco do dia a dia desses profissionais que comandam a trilha sonora de muitas baladas e festivais pelo País. Durante uma de suas vindas a São Paulo, Eli Iwasa - que mora em Campinas - recebeu a equipe do programa em um hotel da cidade, antes de se apresentar no Festival Planeta Terra. Ela tinha acabado de chegar de Santa Catarina, onde havia tocado na noite anterior.

Depois de um bate-papo no hotel, a equipe seguiu para o Jockey Clube para acompanhar o set de Eli. "Preparei um set diferente do que estou acostumada a fazer, focado em indie, rock, disco, em versões eletrônicas e edits bem dançantes", revelou a DJ. No final de sua apresentação, Eli Iwasa e todos que estavam presentes no evento foram presenteados com um belo pôr do sol.

Cheia de compromissos, a DJ teve que ir embora do festival pouco depois de finalizar seu set e seguiu para a agência Entourage, onde participou de uma reunião com um de seus managers, Fernando Moreno. Chegando ao escritório, ela mostrou em primeira mão uma prévia do CD mixado que irá lançar em 2013 - com faixas de produtores como Mau Mau, Renato Cohen, John Acquaviva, Amo & Navas, entre outros.

Apaixonada pela profissão, Eli Iwasa acredita que ser DJ é ter o privilégio de poder dividir com as pessoas um disco especial, ou uma música nova que descobriu em alguma pesquisa. "Saber que você pode mexer com as pessoas através da música, não tem preço. Sempre falo que é como uma droga. A cada apresentação, você quer mais", revelou. Ciente das dificuldades que as pessoas enfrentam até se destacar - ou às vezes nem conseguem - na profissão de DJ, Eli comentou. "No Brasil, para viver de música e arte é preciso muito suor, paciência, e um tanto de sorte. É um privilégio reservado a poucos".

Influenciada por artistas como Massive Attack, Radiohead, Hot Chip, Nina Simone, Donna Summer e Flying Lotus, Eli Iwasa contou sobre seu envolvimento em um novo projeto. "Acabei de gravar os vocais para algumas faixas do Bleeping Sauce, projeto paralelo da dupla Click Box. As músicas têm grande influência de post punk e synth pop. Não são necessariamente voltadas às pistas, mas são essencialmente eletrônicas".

Durante a entrevista, ela lembrou como começou seu interesse por música. "Minhas primeiras lembranças musicais envolvem a Lucia, minha babá adolescente. Quando eu tinha entre 5 e 6 anos, lembro dela falando dos discos do Led Zeppelin, Black Sabbath, Stevie Wonder e Jackson 5. Ela ficava ouvindo em casa - no sound system do meu pai - e passava as tardes inteiras dançando e cantando sozinha na sala", contou. Hoje, ela é uma das sócias das baladas Pianno Club e Tetriz Club, em Campinas.

Diante de uma rotina de trabalho pouco comum, Eli revelou que nas horas vagas gosta de ir ao cinema, assistir filmes em casa e ler livros. Com um tom descontraído, ela brincou: "um dos grandes prazeres que eu tenho é sair para jantar e conhecer novos restaurantes. Se eu economizasse todo dinheiro que gasto em comida e vinhos, estaria rica!". Durante a semana, além de muito trabalho, ela aproveita as horas vagas para ficar com o namorado. "Aproveito a semana pra ficar com meu namorado. Sair para jantar, ir ao cinema, fazer esses programas reservados aos finais de semana para a maioria dos casais, mas que não são possíveis para nós".

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade